WebRadio

Central de Mídia

Seção em Podcast

Tempo de Refletir

1 de agosto de 2019

Se Me amais…

TEMPO DE REFLETIR 2039 – 1 de agosto de 2019 João 14:15: “Se Me amais, guardareis os Meus mandamentos”. Durante muito, muito tempo, nós, os cristãos, temos apanhado levianamente o versículo bíblico de hoje e o citado fora do contexto, aplicando-o aos Dez Mandamentos em nossos estudos bíblicos e sermões […]
31 de julho de 2019

A prova de amor

TEMPO DE REFLETIR 2038 – 31 de julho de 2019 I João 2:3: “Sabemos que O temos conhecido por isto: se guardamos os Seus mandamentos”. Fazer a vontade de Deus. É mais fácil falar do que fazer; é mais fácil prometer do que cumprir. Belas palavras, porém, nunca são um […]
30 de julho de 2019

Fazendo a vontade de Deus

TEMPO DE REFLETIR 2037 – 30 de julho de 2019 João 2:4 a 6: “Aquele que diz: Eu O conheço e não guarda os Seus mandamentos é mentiroso, e nele não está a verdade. Aquele, entretanto, que guarda a Sua palavra, nele, verdadeiramente, tem sido aperfeiçoado o amor de Deus. […]
29 de julho de 2019

Sinceramente enganado

TEMPO DE REFLETIR 2036 – 29 de julho de 2019 Mateus 7:21: “Nem todo o que Me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos Céus, mas aquele que faz a vontade de Meu Pai, que está nos Céus”. O verso de hoje é um dos mais assustadores do Novo Testamento. […]
28 de julho de 2019

Os frutos da falsidade

TEMPO DE REFLETIR 2035 – 28 de julho de 2019 Mateus 7:20: “Assim, pois, pelos seus frutos os conhecereis”. A repetição é uma lei da aprendizagem. Jesus não tinha aversão por essa lei. É por isso que Ele torna a martelar no verso 20 a lição do fruto, que acabara […]
27 de julho de 2019

Falando sobre o inferno

TEMPO DE REFLETIR 2034 – 27 de julho de 2019 Mateus 7:19: “Toda árvore que não produz bom fruto é cortada e lançada ao fogo”. O inferno não é um tema muito popular no século vinte e um. A maioria dos cristãos acha que não é de bom tom trazer […]
26 de julho de 2019

A prova do Espírito

  TEMPO DE REFLETIR 2033 – 26 de julho de 2019 I João 4:20 e 21 (NVI): “Se alguém afirmar: “Eu amo a Deus”, mas odiar a seu irmão, é mentiroso, pois quem não ama a seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê. […]