WebRadio

Central de Mídia

Vá à luta!


Gostou? Compartilhe!

19-determinacao

TEMPO DE REFLETIR 292 – 19 de outubro de 2014

“Os planos mediante os conselhos têm bom êxito; faze a guerra com prudência” (Pv 20:18).

Conta a velha história que um finlandês ateu deixou em seu testamento a fazenda que possuía para o diabo. Quando o homem morreu, as autoridades não sabiam como cumprir o pedido. Finalmente, depois de semanas de deliberação, a corte decidiu que a melhor maneira de atender a última vontade do fazendeiro era deixar tudo abandonado. A terra sem cultivar, a casa sem arrumar, os jardins cheios de ervas daninhas, os celeiros vazios. A corte declarou no seu veredicto: “A melhor maneira de permitir que o diabo tome posse de algo é não fazer nada”.

Assim é com a vida. Por isso, o provérbio de hoje aconselha: “Faça planos e faça a guerra. Não fique de braços cruzados”.
Outro dia, durante um seminário, perguntei: “O que significa fazer planos?” Alguém levantou a mão e respondeu: “Sonhar”. É verdade que ninguém deve subestimar o valor dos sonhos. Eles são importantes. Tem gente que nunca sai da mediocridade porque é incapaz de sonhar. Mas um sonho sem um plano não passa de um desejo. Salomão fala de planos. Um plano é a estrada que o levará à realização dos seus sonhos.

Onde você está neste momento? Na sua vida espiritual, financeira, familiar ou profissional, onde você está? Responda. Agora, pergunte-se aonde você quer chegar. Se você não sabe aonde ir, como é que chegará lá? A melhor maneira de chegar a nenhum lugar é não fazer planos.

Uma vida sem planos e sem ação é uma vida em desintegração, porque essa é a lei da própria natureza. Depois da entrada do pecado neste mundo, estamos condenados à desintegração. Já percebeu que, com o correr dos anos, a visão se apaga, a audição diminui, as células morrem e os ossos se desgastam?

Todas as coisas envelhecem. O que significa isso? Que se você não “fizer planos”, e não “entrar na guerra” para sair todo dia do presente estado de coisas, sua vida entrará em retrocesso.

Vá para a “guerra”, porque a vida é uma luta diária contra a mediocridade, a superficialidade e a vaidade. Mas vá com prudência! Ir sozinho é cair nas areias movediças do humanismo. Busque conselho nAquele que é a própria sabedoria. Aquele que nunca falha. E lembre-se: “Os planos mediante os conselhos têm bom êxito; faze a guerra com prudência”.

****************************************************************************************************************************************
-> Autoria: Alejandro Bullon
-> Música: Wagner Dida, “Deus é Deus”
-> Narração: Amilton Menezes

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook