WebRadio

Central de Mídia

Que exemplo!


Gostou? Compartilhe!

11-imitador_de_Jesus

TEMPO DE REFLETIR 315 – 11 de novembro de 2014

“Irmãos, sede imitadores meus e observai os que andam segundo o modelo que tendes em nos” (Filipenses 3:17).

“Como comunicar a fé se temos tantos problemas?” muitos indagam. Se não acreditamos que o que aconteceu em nosso relacionamento com Cristo deve acontecer a todos, então é provável que nos aconteceu pouco demais. Paulo vai mais profundo ainda. Com audácia alarmante ele diz: “Continuem a imitar-me.” Ora, acredito que essa é uma grande prova da vida crista. Se a emoção do que descobrimos não for tão forte que desejemos que todos a experimentem, então não encontramos grande coisa.
Ao comparecer a presença de Agripa, Paulo proclamou o cativante poder de sua vida em Cristo. Agripa respondeu, sabendo muito bem que o desejo de Paulo era que a experiência deste também fosse a do rei: “Por pouco me persuades a me fazer cristão. Paulo respondeu:

Assim Deus permitisse que, por pouco ou por muito, não apenas tu, rei, porem todos os que hoje me ouvem se tomassem this qual eu sou, exceto estas cadeias” (Atos 26:28-29). Aqui, novamente, a mesma confiança: sejam meus imitadores! Pode o leitor dizer o mesmo em casa, no trabalho, com os amigos? Se não pode, por que?

Mas a pergunta que provavelmente lhe vem a mente enquanto lê esta meditação é: “Como posso eu, com todas as minhas imperfeições, servir de exemplo?” Essa pergunta revela falta de compreensão do que Paulo disse. Ele foi muito honesto acerca de suas falhas. O que ele queria que os outros imitassem era a mesma experiência da grata e do perdão de Deus. A maneira de ele resolver seus fracassos era parte inestimável de seu testemunho. Ele não queria que as pessoas soubessem o quão grande ele era, mas quão grande Deus havia sido em sua vida.

****************************************************************************************************************************************
-> Autoria: Lloyd Ogilvie
-> Música: Nova Voz, “Eu viverei por Ti”
-> Narração: Amilton Menezes

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook