WebRadio

Central de Mídia

Quando orar e quando agir?


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR – 14 de fevereiro de 2014

“Porém nós oramos ao nosso Deus e, como proteção, pusemos guardas contra eles, de dia e de noite” (Neemias 4:9).

Quem faz boas obras sempre encontrará oposição. Os inimigos de Jerusalém indignaram-se quando Neemias organizou o povo para reconstruir os muros. A princípio escarneceram, depois ameaçaram e finalmente planejaram atacar. Neemias orou contra as zombarias e ameaças (Ne 4:9). Ele confiou em Deus e pôs “guardas de dia e de noite”.

As Escrituras registram ocasiões em que Deus instruiu o povo a orar e apreciar de longe o trabalho divino (como em II Reis 19:35). Essas ocasiões, entretanto, são raras. Oração e fé são vitais, mas cumprir nossa parte é também muito importante.
Como saber quando devemos orar E agir ou apenas orar? A resposta é: mantenham-se em oração e Deus lhe mostrará. As contínuas conversas de Neemias com Deus lhe forneciam discernimento. Às vezes, Deus dizia: “Eu cuido disso”. Outras vezes dizia: “Cuido disso, mas peça ao povo que coloque guardas. Todos se sentirão melhor”.

Você saberá o que fazer quando for capaz de perceber a orientação de Deus. Neemias e o povo não chegaram a lutar, mas tiveram de preparar-se para a luta. As orações renovaram sua confiança em Deus; seus atos evidenciaram a disposição de permitir a ação de Deus, segundo a vontade dEle. Quer tivessem de lutar, quer não, eles não interromperiam a construção do muro, pois se achavam sob as ordens de Deus. Tal motivação superava qualquer tipo de tentativa hostil dos inimigos.

Temos de nos manter vigilantes em oração e estar sempre prontos a seguir as instruções de Deus.

Reflita sobre isso no dia de hoje.

******************************************************************************************************************************************************
-> Texto: Stormie Omartian
-> Música: Viviane, “Minha Oração”
-> Narração: Amilton Menezes

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook