WebRadio

Central de Mídia

Perfeição é um processo


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 1308 – 31 de julho de 2017

“Disse ainda: O reino de Deus é assim como se um homem lançasse a semente à terra; depois, dormisse e se levantasse, de noite e de dia, e a semente germinasse e crescesse, não sabendo ele como. A terra por si mesma frutifica: primeiro a erva, depois, a espiga, e, por fim, o grão cheio na espiga. E, quando o fruto já está maduro, logo se lhe mete a foice, porque é chegada a ceifa” (Marcos 4:26-29).

Ao escrever estas linhas, é primavera em Michigan [conta George Knight]. Os agricultores estão preparando seus possantes tratores para a semeadura. Logo mais o milho estará brotando. Então virá o crescimento incrivelmente rápido, enquanto os dias longos do Norte de Michigan partilham o brilho do sol com as plantas em desenvolvimento. Mas, pouco mais tarde, a estação relativamente curta do crescimento terminará e as ceifadeiras e debulhadeiras combinadas estarão nos campos recolhendo a safra.

Gosto muito de ver as plantas crescerem. Gosto de jardinagem – especialmente do cultivo de verduras. É agradável sair bem cedo ou ao anoitecer e examinar as plantas em crescimento. No decorrer dos anos, uma coisa me surpreendeu. Foi perceber que um fruto, perfeito por ocasião da colheita, passou por um processo que mostrou perfeição em cada etapa de seu desenvolvimento. Um tomate maduro, de formato perfeito, por exemplo, aperfeiçoava-se em cada etapa de seu desenvolvimento, embora se tornasse maduro só na etapa final.

Tornar-se semelhante a Deus funciona dessa maneira para o cristão em desenvolvimento. A perfeição se assemelha mais a uma linha do que a um ponto. Perfeição é um processo que começa por ocasião do novo nascimento do cristão e continua incessantemente através da eternidade. Um cristão se torna mais e mais semelhante a Deus sem jamais ficar exatamente igual a Ele. Assim é que Paulo pôde dizer que a pessoa pode ser perfeita, sem, contudo, ter alcançado a perfeição. (Ver Filipenses 3:15 e 12).

Ellen White apresenta-nos uma ideia semelhante quando compara o desenvolvimento da vida cristã com uma planta em crescimento: “Nossa vida pode ser perfeita em cada fase de desenvolvimento; contudo haverá progresso contínuo, se o propósito de Deus se cumprir em nós” (Parábolas de Jesus, p. 65).


-> Música: Silmara Magali, “Cada vez mais perto”
-> Locução: Amilton Menezes

Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 9507 0705 e mande uma mensagem pedindo os áudios. Se você tem Telegram, adicione nosso canal: telegram.me/tempoderefletir – Prefira, porém, o aplicativo MANAH, onde você terá todos os áudios à disposição.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook