WebRadio Maranatha

Perfeição de caráter


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 2011 – 04 de julho de 2019

Mateus 22:36 a 40: “Mestre, qual é o grande mandamento na lei? Respondeu-lhe Jesus: Amarás o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todo o teu entendimento. Este é o grande e primeiro mandamento. O segundo, semelhante a este, é: Amarás o teu próximo como a ti mesmo. Destes dois mandamentos dependem toda a lei e os profetas”.

Com a regra áurea de Mateus 7:12, chegamos ao ápice da conduta cristã, um elemento-chave na definição bíblica da perfeição do caráter, um elemento essencial da demonstração escriturística do que significa ser semelhante a Jesus.

Comentando esse texto, O Maior Discurso de Cristo sugere que “homem algum que tenha o verdadeiro ideal quanto a um caráter perfeito, deixará de manifestar o espírito de compreensão e ternura de Cristo. A influência da graça há de abrandar o coração, refinar e purificar os sentimentos, dando uma delicadeza e um senso de correção de origem celeste”. (p. 135).

No mesmo livro, lemos que “a norma da regra áurea é a verdadeira norma do cristianismo; tudo que a deixa de cumprir, é um engano. Uma religião que induz os homens a estimarem em pouco os seres humanos, avaliados por Cristo em tão alto valor que por eles Se deu; uma religião que nos leve a negligenciar as necessidades humanas, seus sofrimentos ou direitos, é religião espúria. … É porque os homens usam o nome de Cristo ao passo que Lhe negam o caráter na vida que vivem, que o cristianismo tem no mundo tão pouco poder” (p. 136 e 137).

Ao examinar a maneira como Jesus retrata a regra áurea, chegamos ao coração da definição feita por Ele da perfeição do caráter. Uma das grandes tragédias de alguns círculos cristãos é identificarem a perfeição do caráter com coisas tais como regime alimentar, observância do dia do Senhor e praticar (ou não praticar) isto ou aquilo.

Que confusão! A alimentação e outros elementos do estilo de vida cristã são meios na consecução de um fim, e não um fim em si mesmos. Deus quer que tenhamos saúde para que possamos ser mais amáveis, e não apenas para sermos melhores cumpridores de regras.

Reflita sobre isso no dia de hoje e ore comigo agora:

Por favor, Pai, transforma o meu coração, a minha mente. Me ajude a ser um cristão de verdade, fazendo a Tua vontade não por obrigação, mas por amor. Em nome de Jesus, amém!


-> Narração: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:
-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).
-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube.Com/AmiltonMenezes7
-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 99507 0705 e mande um recadinho pedindo os áudios.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook

WebRadio Maranatha