WebRadio

Central de Mídia

Perdão e purificação


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 1980 – 3 de junho de 2019

I João 1:7: “Se, porém, andarmos na luz, como Ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, Seu Filho, nos purifica de todo o pecado”.

Em nossas orações, tanto públicas quanto particulares, sempre fazemos um pedido a Deus: “Perdoa nossos pecados”. Nem sempre, porém, nos lembramos de que perdão e purificação andam juntos. Quando pedimos o perdão divino, também estamos pedindo que nosso coração seja purificado de todo pecado. Como disse um teólogo [Edward Heppenstall]: “Deus não nós dá uma coisa sem a outra”.

Dois soldados, certa ocasião, foram postos como sentinelas nas extremidades opostas de uma fortaleza que ligava a Rocha de Gibraltar ao território espanhol. Um deles, ao ler a Bíblia, exultava por ter a Jesus como seu Salvador, enquanto o outro, reconhecendo que era pecador, estava envolto por um manto de ansiedade causada por um forte sentimento de culpa.

Certa noite, um oficial que saíra para jantar fora, estava regressando à fortaleza, numa hora já avançada. Ao se aproximar da sentinela que se havia convertido fazia pouco tempo, perguntou, como de costume, pelo lema. O soldado, extasiado com as maravilhosas coisas espirituais que lhe haviam sido reveladas, respondeu ao oficial: “O precioso sangue de Cristo”. Ele, logo a seguir, percebendo que fora traído pelas circunstâncias, recitou corretamente o lema. Mas, seu colega, que ansiosamente desejava ter um encontro com Deus, ouviu da outra extremidade em que estava, a primeira resposta dada ao oficial: “O precioso sangue de Cristo”. Naquele instante, foi tomado pela convicção de que tais palavras tinham vindo do Céu, e assim, sua consciência foi aliviada do peso da culpa. O precioso sangue de Jesus trouxe-lhe não somente perdão e paz, mas a certeza de que seu coração havia sido purificado.

No Salmo 51, Davi pediu o perdão divino e foi além: “Purifica-me com hissopo, e ficarei limpo; lava-me, e ficarei mais alvo do que a neve. … Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova dentro em mim um espírito inabalável” (v. 7 e 10).

Cristo derramou Seu sangue para que fôssemos perdoados e purificados; para que fôssemos justificados e santificados. Deus não Se satisfaz apenas em nos perdoar. Ele quer realizar uma faxina em nossa vida. Nosso coração precisa ser preparado para a ceia da salvação.

Reflita sobre isso no dia de hoje e ore comigo agora:

Pai, obrigado pelo perdão. Obrigado pela graça maravilhosa! Eu oro como Davi, agora: Purifica-me para que eu fique limpo; lava-me e ficarei mais branco do que a neve. Cria em mim, ó Deus, um coração puro e renova dentro de mim um espírito inabalável. Por favor. Em nome de Jesus, amém!


-> Narração: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:
-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).
-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube.Com/AmiltonMenezes7
-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 99893 2056 e mande um recadinho pedindo os áudios.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook