WebRadio

Central de Mídia

Ouvinte oculto


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR – 17 de setembro de 2013

Desce tu com teu moço Pura ao arraial; e ouvirás o que dizem. Juízes 7:10, 11

Ao se colocar Gideão à frente dos trinta mil homens para guerrear contra os midianitas, pôde ver que, a menos que Deus operasse em favor de Israel, sua causa não tinha esperança. Pela ordem divina, as forças hebreias haviam sido reduzidas pelas sucessivas provas, até que ficaram com ele apenas trezentos homens para confrontar aquela multidão incontável. Não é de admirar que seu coração tenha se abatido intimamente ao pensar no conflito do dia seguinte.

Porém, o Senhor não deixou seu fiel servo em desespero. Ele falou a Gideão à noite e ordenou-lhe que, juntamente com Pura, seu fiel auxiliar, descesse ao acampamento dos midianitas, dando a entender que ali ele ouviria algo que o deixaria animado. Ele foi. Esperando nas trevas e no silêncio, ouviu um soldado, que havia acabado de acordar, relatar um sonho a seu companheiro: “Eis que um pão de cevada torrado rodava pelo arraial dos midianitas, e chegava até às tendas, e as feriu, e caíram, e as transtornou de cima para baixo, e ficaram abatidas” (v. 13).

O outro respondeu com palavras que agitaram o coração do ouvinte oculto: “Não é isto outra coisa, senão a espada de Gideão, filho de Joás, varão israelita. Deus tem dado na sua mão aos midianitas, e a todo este arraial” (v. 14).

Gideão reconheceu a voz de Deus falando-lhe por meio desses estrangeiros midianitas. Sua fé e coragem foram grandemente fortalecidas, e se regozijou ao ver que o Deus de Israel poderia operar através dos meios mais simples para lançar por terra o orgulho dos homens. Confiante e cheio de esperança, voltou para os poucos homens sob seu comando, dizendo: “Levantai-vos, porque o Senhor entregou o arraial dos midianitas nas vossas mãos” (v. 15). […]

Como o pão derrubou a tenda sobre a qual ele caiu, da mesma maneira aquele punhado de israelitas iria destruir seus numerosos e potentes inimigos.

Por direção divina, foi-lhe sugerido um plano de ataque, o qual imediatamente ele se pôs a executar. […]

Que lições de humildade e fé podemos aprender ao seguir os tratos de Deus com Suas criaturas (Signs of the Times, 14 de julho de 1881).

********************************************************************************************************************

-> Texto: Ellen G. White, do devocional 2013 “Perto do Céu”, da Casa Publicadora Brasileira. http://www.cpb.com.br
-> Música: Rafaela Pinho e Marlon Miranda, “Não desiste”
-> Narração: Amilton Menezes

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook