WebRadio

Central de Mídia

Ou cremos ou não cremos


Gostou? Compartilhe!

04-paisagem

TEMPO DE REFLETIR 124 – 4 de maio de 2014

“Quem é este que escurece os Meus desígnios com palavras sem conhecimento?” – Jó 38:2

Quando se fala da Criação do Universo e sua origem, basicamente nos defrontamos com dois conceitos opostos: ou cremos que Alguém (Deus) teve parte na origem das coisas e espécies, ou não admitimos o sobrenatural e procuramos explicar tudo de acordo com a razão ou a ciência atual.

Nós, cristãos, cremos na origem sobrenatural porque a consideramos mais razoável e condizente com a Natureza que nos rodeia. A própria ciência tem trazido à luz fatos e detalhes da vida e dos elementos que a compõe, nos levando à conclusão de que só um Ser sobrenatural e de muita inteligência poderia programar e executar com tanta exatidão e sabedoria as coisas nos seus mínimos detalhes. Notemos o seguinte: uma formiga pode erguer algo que tem 50 vezes o seu próprio peso; com a mesma força um homem deveria poder erguer quase a 3.500 quilos! O peixe agulhão-bandeira pode nadar a 112 km por hora. Cavalos e elefantes podem dormir em pé. Vagalumes produzem aquela luzinha fria. Há lagartos que medem apenas 6 centímetros de tamanho, mas são formados de 2 mil músculos! Quem fez estas criaturas assim? Deus as fez sempre com um propósito em vista.

O poder de Deus não é limitado como o nosso. Uma vez Jesus disse que Lhe fora dado todo o poder no Céu e sobre a Terra (Mateus 28:18). Li que a precipitação da água sobre a terra é tão fantástica que cada segundo caem sobre o nosso mundo nada menos que a fabulosa quantidade de 16 milhões de toneladas de água. Sim, a cada segundo! Quer dizer que cada dia cai um bilhão, trezentos e oitenta e dois milhões e quatrocentas mil toneladas de água por dia! Já pensou? Depois toda esta água sobe outra vez para o céu na forma de vapor. O salmista já devia saber disto quando escreveu: “Porque eu conheço que O Senhor é grande… Faz subir os vapores das extremidades da terra; faz os relâmpagos para as chuvas; tira os ventos dos seus tesouros.” Salmo 135:5 e 7.

Casualidade? Processos milenares? Geração espontânea? Nada disso! De onde Deus conseguiu a matéria-prima para fazer o Universo? Como Ele o fez? O salmista responde outra vez: “Pela palavra do Senhor foram feitos os céus, e todo o exército deles pelo espírito da Sua boca… Porque falou, e tudo se fez; mandou, e logo tudo apareceu.”  Salmo 33:6 e 9. Há milhões de coisas maravilhosas acontecendo a cada momento neste Universo de Deus, tudo sob Seu controle e comando. Só o homem é livre, como o próprio Deus, para escolher e decidir. E esta é a maior das maravilhas! Depende de como escolhemos o nosso destino eterno.
Escolha a Deus e não ao seu próprio eu. Ande com Ele e tenha a salvação!

*****************************************************************************************************************************************
-> Texto: Autoria desconhecida
-> Música: Arautos do Rei, “Sim, eu creio”
-> Narração: Amilton Menezes

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook