WebRadio

Central de Mídia

Os dois construtores. Novamente.


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 2055 – 17 de agosto de 2019

Lucas 6:48 e 49: “É semelhante a um homem que, edificando uma casa, cavou, abriu profunda vala e lançou o alicerce sobre a rocha. … Mas o que ouve e não pratica é semelhante a um homem que edificou uma casa sobre a terra sem alicerces”.

Vimos no último programa as semelhanças existentes entre os dois construtores descritos em Mateus 7:24-27. Descobrimos que, superficialmente, eles eram parecidos. Ambos, para colocar isto em termos espirituais, aparentavam ser bons cristãos.

Hoje queremos examinar as diferenças entre eles. Ao empreender essa tarefa, receberemos grande ajuda da versão de Lucas para essa história. Ele fornece informações não encontradas em Mateus. Lucas nos diz, conforme vimos na leitura bíblica de hoje, que o homem sábio cavou fundo e deu-se ao trabalho de lançar o alicerce de sua casa. Em contrapartida, o homem tolo não cavou nada. Não se preocupou em lançar um fundamento.

A chave para compreender o homem cuja casa não possuía alicerce é a palavra “tolo”. O homem tolo estava apressado. Por que não tomar um atalho, pensa ele, se vou obter os mesmos resultados? Afinal de contas, ninguém verá a diferença, pois o alicerce fica abaixo da superfície. Por que perder tempo construindo um alicerce?

O homem tolo também parece ser um sabichão. Ele sabe como construir uma casa sem seguir as regras que governam as leis da construção civil. Ele não precisa de arquiteto nem de outros profissionais, nem dá atenção ao conselho deles.

Além desses atributos, o homem tolo é alguém que não faz planos com antecedência. O que ele quer é uma casa, e não uma expedição científica. Por que não construí-la bem perto do rio, onde é tão agradável? E ele é suficientemente esperto para saber que é mais fácil e rápido construir sobre a areia do que sobre a pedra.

Todos esses atributos podem ser transpostos para nossa vida espiritual. Os cristãos tolos estão interessados apenas numa religião superficial; como já sabem de tudo, não precisam aconselhar-se com os membros de sua igreja; e vivem mais para o presente do que para o futuro. Isso tudo parece bom. Só há um problema. O edifício não aguenta as tempestades da vida e do juízo.

Reflita sobre isso no dia de hoje e ore comigo agora:

Novamente, Pai, quero pedir a Ti: me ajude na construção do meu caráter, do meu relacionamento contigo; a colocar sobre a Rocha tudo aquilo que sou e tudo aquilo que espero que Tu possas fazer por mim. Por favor, tome conta de todas as coisas. É o que peço em nome de Jesus, amém.


-> Narração: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:
-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).
-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube.Com/AmiltonMenezes7
-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 99507 0705 e mande um recadinho pedindo os áudios
-> Instagram: @amiltonmenezes7
-> Twitter: @AmiltonMenezes
-> Facebook: facebook.com/AmiltonMenezes

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook