WebRadio

Central de Mídia

O vazio pode ser preenchido


Gostou? Compartilhe!

25-11 TDR 1060

TEMPO DE REFLETIR 1060 – 25 de novembro de 2016

“Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Romanos 6:23).

O avanço científico e tecnológico não resolveu, nem resolverá jamais, o problema existencial do ser humano – essa sensação de que sempre há algo faltando, mesmo depois de termos concretizado nossos sonhos.

Para preencher esse vazio da alma humana, muitos procuram a companhia de outras pessoas. Mas o companheirismo que os amigos podem oferecer é muito pequeno para preencher o espaço infinito do coração humano.

Outros se dedicam diuturnamente a acumular riquezas. Mas o dinheiro também não resolve o problema. Podemos conquistar fortunas incalculáveis, e ainda que fosse possível conquistar o mundo todo, restaria sempre a ânsia de novas e maiores aquisições, nessa sede insaciável de preencher o vazio infinito do coração. Sexo, casamento, educação são outras alternativas que o homem procura, na tentativa de encontrar realização total, mas que produzem sempre o mesmo resultado: uma inexplicável sensação de vazio e insuficiência.

A solução que todos buscamos não está neste mundo. Se estivesse, a humanidade já a teria encontrado. A satisfação plena é produto da segurança absoluta e da paz interior que só Deus pode dar. Só um Deus infinito pode preencher, com o Seu amor, o espaço infinito do coração humano. E esta conquista espiritual está ao alcance de todos os que, reconhecendo a sua insuficiência, aceitam o presente que o Céu oferece – a vida eterna, através de Jesus Cristo: “Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Rm 6:23).

A salvação, portanto, é um presente que Deus oferece ao homem. Não se pode pagar esse Presente. Tudo o que se tem a fazer é aceita-Lo.

Podemos aceita-Lo assim como estamos, mas jamais permaneceremos como estamos. Porque Ele irá transformar-nos. Irá operar em nós “tanto o querer como o realizar, segundo a Sua boa vontade” (Fp 2:13).

A obediência não nos salva. É a salvação que nos torna obedientes por meio de Cristo.


-> Música: Eclair, “Senhor, toma o meu viver”
-> Locução: Amilton Menezes

Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 99893-2056 e mande uma mensagem pedindo os áudios. Se você tem Telegram, adicione nosso canal: telegram.me/tempoderefletir

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook