WebRadio

Central de Mídia

O único caminho


Gostou? Compartilhe!

20-01 TDR 750

TEMPO DE REFLETIR 750 – 20 de janeiro de 2016

“Bem-aventurado aquele cuja iniquidade é perdoada, cujo pecado é coberto” (Salmo 32:1).

Pecado encoberto. O texto se refere ao pecado que foi coberto com perdão e não é mais imputado ao pecador. É pecado do passado, é maldade que não é mais ativa no coração do ofensor. Porém, há muitos caminhos incoerentes que tratam de cobrir o pecado:

Ocultar. Adão e Eva tentaram ocultar seu pecado (Gn 3:1-18).

Atribuir a culta a outra pessoa. Adão culpou Eva e Eva culpou a serpente.

Fugir. Jonas tomou um barco para ir a outra cidade (Jn 1:1-4), porém não conseguiu escapar do Senhor.

Criticar os demais. “Por que vês tu o argueiro no olho de teu irmão, porém não reparas na trave que está no teu próprio?” (Mt 7:3).

Trazer falso testemunho. Se nós somos culpáveis, todos os testemunhos do mundo não podem declarar-nos inocentes.

Olhar a si próprio e comparar-se com outros. Se dizemos: “Não sou tão mau como esta ou aquela pessoa”, talvez estejamos certos, porém este fato não cobre o pecado. Fazer isso não é sábio. “… mas eles, medindo-se consigo mesmos e comparando-se consigo mesmos, revelam insensatez” (2Co 10:12).

Há somente um caminho correto para cobrir o pecado: recebendo o perdão!

Examinemos nossas vidas e vejamos que pecados necessitam do poder restaurador de Deus.


Ficha Técnica:
-> Texto: Autoria desconhecida
-> Música: Riane Junqueira, “Olhar e confiar”
-> Locução e edição: Amilton Menezes
-> Finalização: Isa Vasconcelos

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook