WebRadio

Central de Mídia

O que você pediria a Deus?


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 1955 – 9 de maio de 2019

I Reis 3:13 e 14: “Também até o que Me não pediste Eu te dou, tanto riquezas como glória; que não haja teu igual entre os reis, por todos os teus dias. Se andares nos Meus caminhos e guardares os Meus estatutos e os Meus mandamentos, como andou Davi, teu pai, prolongarei os teu dias”.

O que você pediria a Deus se Ele lhe dissesse: “Pede o que queres que Eu te dê.” Foi isso que Deus disse a Salomão. Nós não sabemos exatamente que pensamentos passaram pela mente de Salomão antes de ele responder, mas podemos com certeza pensar em qual seria nossa resposta. O que você pediria? Férias perpétuas em algum paraíso encantador? Boa aparência ou físico vigoroso? Um carro novo, uma casa nova, ou ambas as coisas? Um cargo de influência no primeiro escalão? O que aconteceria se isso fosse realmente um cheque em branco da parte de Deus? Como você o preencheria?

Salomão havia acabado de receber um cheque em branco. Felizmente, a pergunta divina encontrou o jovem rei num de seus momentos de sabedoria. Ele percebeu humildemente sua falta de sabedoria e sua incapacidade para liderar o povo de Deus. Por isso, orou: “Dá, pois, ao Teu servo coração compreensivo para julgar a Teu povo, para que prudentemente discirna entre o bem e o mal” (1Re 3:9).

Esse era o tipo certo de pedido. Não era um pedido egoísta, mas um pedido para promover o reino de Deus na Terra. Deus Se agradou desse pedido. “Já que pediste esta coisa e não pediste longevidade, nem riquezas, nem a morte de teus inimigos; mas pediste entendimento, para discernires o que é justo, eis que faço segundo as tuas palavras: dou-te coração sábio e inteligente, de maneira que antes de ti não houve teu igual, nem depois de ti o haverá”. Mas Salomão não conseguiu apenas o que ele pediu. Ele também recebeu “riquezas e glória” (1Re 3:11-13).

Salomão é uma ilustração da orientação de Jesus para buscarmos primeiro o reino de Deus e Sua justiça. Salomão procedeu assim, e todas as coisas secundárias lhe foram acrescentadas. Note, porém, que todas as outras coisas vieram como um subproduto; não foram o objetivo principal. Deus quer nos abençoar muito mais do que a maioria de nós sequer imagina. Já pensou nisso? Você crê nisso?

Reflita sobre isso no dia de hoje e ore comigo agora:

Pai me ajude a pedir as coisas certas. Me dê a sabedoria para isso, como deste a Salomão. Que eu tenha discernimento, mas, acima de tudo, disposição para buscar-Te em primeiro lugar. Para confiar em Ti verdadeiramente em toda e qualquer circunstância. Faço esse pedido por mim e por todos os meus ouvintes. Em nome de Jesus, amém!


-> Narração: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:
-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).
-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube.Com/AmiltonMenezes7
-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 99893 2056 e mande um recadinho pedindo os áudios.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook