WebRadio

Central de Mídia

O lugar do trabalho


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 1782 – 17 de novembro de 2018

“No suor do rosto comerás o teu pão, até que tornes à terra, pois dela foste formado; porque tu és pó e ao pó tornarás” (Gênesis 3:19).

Algumas pessoas interpretam as palavras de Jesus em Mateus 6:25, sobre não inquietar-se sobre a vida, o alimento e o vestuário, como significando que elas não devem pensar nessas coisas. Essas pessoas zelosas, mas equivocadas, se esquecem da necessária lição de reconhecer tudo quanto a Bíblia diz sobre um assunto e de não regular nossa vida por passagens isoladas, retiradas do seu contexto.

A ordem bíblica não é apenas “viver pela fé”, com a negligência de nossas necessidades temporais. Longe disso. No momento da queda no Éden, Deus estabeleceu um programa de trabalho para Adão e Eva. Era ordem divina que os seres humanos, após a queda, devessem trabalhar através do suor do seu rosto. Em Mateus, Jesus não está condenando os fazendeiros por lavrarem e gradarem a terra, e semearem, colherem e armazenarem em celeiros.

O apóstolo Paulo diz isso de maneira bastante explícita em sua segunda carta aos tessalonicenses, quando afirma que, “se alguém não quer trabalhar, também não coma”. Mesmo nos dias de Paulo, surgiram na igreja indivíduos fanáticos com o argumento de que, visto que o Senhor iria voltar brevemente, eles não precisavam trabalhar, mas viver pela fé e passar o tempo em estudo da Bíblia, preparando-se assim para a segunda vinda. Pensando assim, pararam de trabalhar e imaginavam-se excepcionalmente espirituais. Daí a repreensão de Paulo.

Em Mateus 6, Jesus está procurando fazer com que corrijamos nossas prioridades. Embora devam trabalhar com diligência, os cristãos não devem trabalhar compulsivamente. Nem devem ficar tão materialistas que se encham de cuidado e ansiedade. O lado material da vida é importante, mas não é sumamente importante. O trabalho é importante, mas não é tudo na vida.

Temos, como cristãos, um Pai celestial que cuida de nós. Não precisamos andar inquietos, nem cheios de apreensão. Pelo fato de confiarmos em Deus, temos liberdade para viver vida mais abundante em todos os aspectos.


-> Narração: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:
-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).
-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube.Com/AmiltonMenezes7
-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 99893 2056 e mande um recadinho pedindo os áudios.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook