WebRadio

Central de Mídia

O Filho revela o Pai


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR – 3 de março de 2014

“Acima de tudo isto, porém, esteja o amor, que é o vínculo da perfeição.” Col. 3:14

Nunca devemos nos esquecer de que “tudo que o homem necessita conhecer, ou pode conhecer, a respeito de Deus tem sido revelado na vida e no caráter de Seu Filho Jesus.” (EGW)

Há diferença entre vida e caráter. Vida é a nossa maneira de viver, ou atividade, num determinado período de tempo; a rotina diária. Caráter, porém, é a soma das qualidades boas ou más que temos. Como Jesus viveu Sua vida e como desenvolveu Seu caráter é de importância para todos nós.

“Tomando a forma humana sobre Si, Cristo veio a ser um com a humanidade e, ao mesmo tempo, revelar nosso Pai Celestial aos seres humanos e pecadores… Ele Se tornou carne como nós. Ele sentiu fome, sede e cansaço.” É nossa parte ser um com Jesus; assim conheceremos o Pai mais intimamente.

O caráter de Jesus era extraordinário: Jesus era “terno, compassivo, compreensivo e tendo os outros em consideração. Ele representou o caráter de Deus e esteve constantemente envolvido no serviço de Deus e do homem.” (EGW).  É nosso privilégio, além de ser um com Cristo, desenvolver em nós o Seu caráter. Devemos também ser: ternos, sensíveis às necessidades alheias, não durões, mas brandos: piedosos e facilmente influenciados pelo amor; compassivos, tendo compaixão pelo ser humano e misericordiosos; compreensivos, expressando simpatia e compreensão pelos outros e consideração, cuidado, solicitude e atenção pelos que nos rodeiam.

Paulo resumiu todos estes traços de um bom caráter no amor: “Acima de tudo isto, porém, esteja o amor, que é o vínculo da perfeição.” O amor de Deus, vinculado perfeitamente à vida e ao caráter de Cristo, abre o nosso entendimento para melhor conhecer a Deus como nosso Pai e a Jesus como nosso Salvador.

Não basta apenas vivermos por um tempo a vida cristã; necessitamos junto com nossa profissão de fé exercitar estas graças do caráter de Cristo, que são também os frutos do Espírito, pelos quais veremos a Deus. Vida e caráter espirituais precisam estar juntos em nós; há cristãos que não tem o caráter de Cristo; apenas “vivem”, mas não “praticam”.  Como é conosco? Como é com você? Conhecemos o Senhor Jesus?  Nosso grave problema é que falamos e escrevemos mais do que agimos; somos mais teóricos do que práticos.

Busquemos conhecer ao Senhor, pois é pela contemplação que nos tornamos semelhantes a Jesus.

*****************************************************************************************************************************************
-> Texto: autoria desconhecida
-> Música: Hosanas, “O mundo verá Jesus em nós”
-> Narração: Amilton Menezes

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook