WebRadio

Central de Mídia

O Deus das surpresas


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 1688 – 15 de agosto de 2018

“Isto é impossível aos homens, mas, para Deus tudo é possível” (Mateus 19:26).

A história da ressurreição fala do Deus do inesperado. A tumba vazia fala do Deus das bênçãos inesperadas. Ele é o Deus das impossibilidades possíveis, ou, para dizer de outra maneira, Deus torna o impossível possível.

Imagine a cena: Ao nascer o sol em Jerusalém, pintando o horizonte de escarlate, as duas Marias dirigem-se apressadamente ao lugar onde Jesus fora sepultado para cuidar de uma tarefa bastante comum. Não é a esperança que leva as mulheres pelas ruas silentes, naquela manhã de domingo. É o dever. Pura devoção. Elas vão ao sepulcro para dar, nada esperando em troca. A última vez que viram o corpo de Jesus, ele estava quebrantado, cheio de marcas, espancado e ensanguentado. Não havia mais pulso; o coração não batia. Seu corpo sem vida estava frio e inerte. As duas Marias estavam simplesmente fazendo uma tarefa que precisava ser feita, sem pensar em receber nada como retorno. Nós, também, somos chamados a dar sem esperar agradecimento. Somos bons apenas por amor à bondade. Servimos apenas pelo amor ao serviço. Há ocasiões em que fazemos uma tarefa simplesmente porque ela precisa ser feita. Quando o fazemos, Deus nota. Ele conhece nossa dedicação. Ele vê nosso fiel serviço.

Quando as duas Marias se aproximaram do sepulcro, Deus estava para fazer algo maravilhoso. Ele é o Deus das surpresas inesperadas. A pedra havia sido removida. O sepulcro estava vazio. Cristo havia ressuscitado. Ao saírem para fazer sua tarefa, elas foram as primeiras a ver a tumba vazia. Foram elas que primeiro testemunharam o milagre da ressurreição. Elas foram as primeiras a dar testemunho do Cristo ressurreto.

Quando cumprimos nosso dever, Deus nos surpreende. Quando, com altruísmo, fazemos o que precisa ser feito porque aquilo precisa ser feito, Deus nos deixa maravilhados. Ele tira as pedras do nosso caminho. Ele abre portas de oportunidade. Ele opera milagres inesperados. Muitos milagres acontecem quando menos esperamos. Eles ocorrem quando pessoas de fé e coração sincero dedicam-se a seguir o Cristo vivo a qualquer preço. Ao assim fazerem, o Deus do inesperado opera milagrosamente para remover as pedras. Procure encontrar bênçãos inesperadas de Deus em sua vida, hoje.


-> Música: Coral da Central de Vitória, “Ele ainda remove pedras”
-> Narração: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:

-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).

-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube.Com/AmiltonMenezes7

-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 9893 2056 e mande um recadinho pedindo os áudios.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook