WebRadio

Central de Mídia

O céu agora e na eternidade


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR – 31 de dezembro de 2013

Tudo quanto, outrora, foi escrito para o nosso ensino foi escrito, a fim de que, pela paciência e pela consolação das Escrituras, tenhamos esperança. Romanos 15:4

Temos senão um único período de graça para formar o caráter, e nosso destino depende do tipo de caráter que formamos. Os que na Terra formaram um caráter que, por meio da graça de Cristo, apresenta o modelo celestial, serão aperfeiçoados pela graciosa influência do Espírito Santo para receber a recompensa eterna. Tornam-se participantes da natureza divina […]. Sabemos que nosso caráter deve ser semelhante ao de Cristo, para que seja um hino de louvor e gratidão a Deus […].

Terão parte na vida eterna aqueles que reconhecem a bondade, a misericórdia e o amor de Cristo e pela contemplação são transformados à imagem dEle. Os atributos de seu caráter são como os de Cristo e não podem falhar na última prova para o povo de Deus. […]

Se tivéssemos visto o Céu, iríamos desejar tê-lo aqui embaixo. Precisamos vivenciar o Céu antes de entrar nele. Temos que ter o Céu em nossa família, aproximando-nos de Deus, continuamente, por meio de Cristo […]. A oração, que é a vida do espírito, ganha significado através de Cristo e corresponde ao voltar de nossa face em direção ao Sol da Justiça. Quando nos viramos para Ele, Ele Se volta para nós também. […]

Pela oração sincera, simples e contrita, a relação da mente com o Céu fica cada vez mais forte. Nenhum outro meio de graça a pode substituir, e a saúde da alma ser conservada. A oração põe a alma em imediato contato com a Fonte da vida. Fortalece os nervos e músculos da vida religiosa, porque vivemos pela fé, vendo Aquele que é invisível. […]

A Palavra de Deus é um celeiro espiritual de onde o coração pode extrair todos os nutrientes para ter vida. Ao examinar atentamente a Palavra de Deus, encontramos doutrinas, preceitos, promessas, admoestações, exortações e palavras de ânimo, que satisfarão as mais profundas necessidades da mente humana. Aqui [na Terra] o homem e a mulher de Deus podem ser perfeitamente capacitados para toda boa obra, porque “toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça, a fim de que o homem de Deus seja perfeito e perfeitamente habilitado para toda boa obra” (2Tm 3:16, 17) (Signs of the Times, 31 de julho de 1893).

[ Leia estas e outras mensagens anteriores em http://www.cpb.com.br/htdocs/periodicos/medmat/2013/frmd2013.html ]

******************************************************************************************************************************************************

-> Texto: Ellen G. White, do devocional 2013 “Perto do Céu”, da Casa Publicadora Brasileira.
-> Música: Luiz Cláudio, “Quero estar pronto”
-> Narração: Amilton Menezes

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook