WebRadio

Central de Mídia

O campeão do amor!


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR – 14 de março de 2014

A vida estava nEle (Jesus), e a vida era a luz dos homens. (João 1:4)

Existe uma interessante comparação entre Jesus e Alexandre, o Grande. Ambos morreram com a idade de 33 anos.
O grego viveu e morreu para si próprio, o hebreu por você e por mim.
O grego morreu sobre um trono, o judeu sobre uma cruz.
A vida de um pareceu um triunfo, a do outro, uma derrota.
Um foi chefe de exércitos, o outro avançou só.
Alexandre fez correr o sangue de uma geração inteira; Jesus derramou Seu próprio sangue.
Um ganhou o mundo inteiro em sua vida, mas perdeu tudo na morte; o outro perdeu Sua própria vida, mas ganhou a fé do mundo inteiro.
O grego fez todos os homens seus escravos; o hebreu deu a todos a liberdade.
Alexandre fundou seu trono no sangue; Jesus no amor.
Um nasceu na Terra, o outro veio do Céu.
Um conquistou toda a terra, mas perdeu finalmente o Céu e a Terra; o outro reunciou a tudo, para finalmente tudo ganhar.
Alexandre, o grego, morreu para sempre. Jesus, por outro lado, vive eternamente.

Outro pensamento: “Enquanto Roma estava muito ocupada fazendo história, Deus chegou. Ele armou a Sua tenda da encarnação na palha… num estábulo… sob uma estrela. O mundo nem notou nada. Sob a influência ainda dos sucessos de Alexandre, o Grande… e Herodes, o Grande… o mundo passou por alto o pequeno Cordeiro de Maria. E ainda o faz.”

Mas Ele, Jesus, continua sendo o Campeão, o vitorioso!

*****************************************************************************************************************************************
-> Texto: autoria desconhecida
-> Música: Quarteto Primus, “Campeão do amor”
-> Narração: Amilton Menezes

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook