WebRadio

Central de Mídia

Nossa vida nova em Cristo


Gostou? Compartilhe!

15-03 TDR 805

TEMPO DE REFLETIR 805 – 15 de março de 2016

“Porque morrendo, Ele morreu para o pecado uma vez por todas; mas vivendo, vive para Deus. Da mesma forma, considerem-se mortos para o pecado, mas vivos para Deus em Cristo Jesus”   (Romanos 6:10 e 11, NVI).

Um garoto contemplava um grande quadro da Crucifixão. Um homem, parado ali perto, fingiu nada saber a respeito do tema retratado.

– De que trata essa pintura? – perguntou o homem.
– O senhor não sabe? – surpreendeu-se o menino. – Esse é Jesus na cruz, quando morreu por nossos pecados.
– Ah, então é isso – disse o homem, enquanto se afastava.
O garoto foi correndo atrás dele e, sem fôlego, gritou:
– Senhor, eu queria dizer-lhe que Ele está vivo!

Nos primeiros cinco capítulos de Romanos, Paulo disseca o significado da cruz. Então, nos capítulos 6 a 8, chama nossa atenção para o significado de um Cristo ressurreto, vivo, na experiência do crente. Assim como o menino, Paulo grita: “Ei, quero dizer-lhes que Ele está vivo!”

Nos capítulos de 1 a 5, Paulo também ensina que a justificação resulta não de guardar a lei, não de qualquer coisa que façamos, mas tão-somente da fé. É um dom da graça de Deus. A seguir, nos capítulos 6 a 8, Paulo deixa claro como cristal que, uma vez que nos tornamos cristãos, devemos considerar-nos “vivos para Deus em Cristo Jesus”.

Paulo usa pela primeira vez a expressão “em Cristo” no livro de Romanos em nosso texto de hoje. Ele descreve a vida “em Cristo” como uma existência inteiramente nova, com um novo conjunto de objetivos, ambições, motivos e oportunidades para servir. A mudança que Deus
produz nas pessoas que estão “em Cristo” é um milagre da graça transformadora de vida.

Como ocorre uma conexão vital como essa? Estando “unidos” com Cristo (Rom. 6:5). Como formamos uma união com Cristo? O enxerto une um broto a uma árvore. O broto e a árvore crescem juntos, e o enxerto se torna um ramo que produz frutos. Quando o cristão se une com Cristo, ambos crescem juntos. Mediante uma vida de união com Cristo, nos tornamos como Ele. E produzimos fruto para Sua glória, o fruto da “justiça que leva à santidade”. Verso 19, NVI.


-> Música: Samuel Loia e Laura Morena, “Muda-me”
-> Locução: Amilton Menezes

Para receber pelo whatsapp, adicione 41 9893-2056 e mande uma mensagem pedindo os áudios.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook