WebRadio

Central de Mídia

Ninguém vai escapar!


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 1993 – 16 de junho de 2019

João 5:24: “Em verdade, em verdade vos digo: quem ouve a Minha palavra e crê nAquele que Me enviou tem a vida eterna, não entra em juízo, mas passou da morte para a vida”.

Como, perguntam alguns, podemos nós, os cristãos, comparecermos perante o juízo final, se João 5:24 afirma claramente que já temos a vida eterna e não entramos em juízo? E o que dizer de Romanos 8:1, que alega já não haver nenhuma condenação para os que estão em Cristo Jesus? Não provam esses textos que a nossa salvação já está garantida?

Alguns intérpretes acreditam que esses textos provam a doutrina da eterna segurança. Ou seja, uma vez que as pessoas tenham vindo a Jesus e tenham sido justificadas, estão seguras nEle por toda a eternidade. Não existe juízo futuro para elas, pois já foram julgadas.

Essa crença só é verdadeira enquanto mantivermos nossa fé em Jesus. Mas a salvação é mais um processo contínuo do que um acontecimento do tipo “uma vez salvo, salvo para sempre”, que ocorre no momento da justificação inicial. A Bíblia ensina que as pessoas podem cair da graça, que as pessoas podem dar as costas para Cristo e voltar-se para o mundo. Para conservar a certeza da salvação, portanto, as pessoas devem permanecer numa relação pactual com Deus por meio de Cristo.

Um dos ensinos mais relevantes ministrados por Jesus no Sermão do Monte e em outros lugares é o de que haverá um juízo final, até mesmo para aqueles que dizem “Senhor, Senhor” e fazem muitas obras em nome dEle (veja Mateus 7:21 e 22).

Os que negam a necessidade e realidade de um juízo final escatológico para a humanidade, cometem o erro de superestimar alguns ensinos bíblicos e negligenciar outros. O conselho de Paulo é que prestemos atenção a todos os ensinos da Bíblia. Quando procedermos assim, veremos que eles se harmonizam.

Os cristãos verdadeiros nada têm que temer quanto ao juízo final. O propósito do juízo é apenas confirmar perante o Universo que eles estão “em Cristo”, que aceitaram Seu sangue e que, portanto, amam a Deus de todo o seu coração. Verdadeiramente “nenhuma condenação há para os que estão em Cristo Jesus”.

Reflita sobre isso no dia de hoje e ore comigo agora:

Grande Deus e Pai: Confio na Tua graça. Confio na Tua justiça. Confio no Teu amor. Toma conta da minha vida, por favor. Em nome de Jesus, amém!


-> Narração: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:
-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).
-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube.Com/AmiltonMenezes7
-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 99507 0705 e mande um recadinho pedindo os áudios.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook