WebRadio

Central de Mídia

Ministros do amor


Gostou? Compartilhe!

19-bebe

TEMPO DE REFLETIR 139 – 19 de maio de 2014

“Não são todos eles espíritos ministradores enviados para serviço, a favor daqueles que hão de herdar a salvação?” – Hebreus 1:14

Você crê na existência dos anjos? Quem são eles? Como são? O que fazem? Onde vivem? Como se chamam?

Muitas pessoas não creem nos anjos, tanto bons como maus. Mas nós que lemos a Bíblia temos razões de sobra para testificar que eles não somente existem, mas são nossos companheiros diários aqui na Terra. Até oramos para que o anjo do Senhor esteja ao nosso lado enquanto dormimos.

Há várias opiniões não bíblicas sobre os anjos. E o que ensina a Bíblia?

Os anjos já existiam antes da criação da Terra. Os anjos são seres viventes, não humanos, criados por Deus um a um, e não pelo processo da procriação. Vivem num mundo invisível a nós que a Bíblia chama de Céu onde está o trono e governo central da Divindade. De lá os anjos bons são comissionados para ministrar a nós aqui na Terra, como é mencionado em nosso texto de hoje. Podemos ter a certeza de que sempre há um anjo ao nosso lado, desde que nos comportemos como seguidores de Cristo.

É incontável o número de anjos bons e também dos maus. João, em Apocalipse 5:11 dá a seguinte descrição dos anjos que viu: “Vi, e ouvi uma voz de muitos anjos ao redor do trono [de Deus], dos seres viventes e dos anciãos, cujo número era de milhões de milhões e milhares de milhares.” A tradução inglesa diz que são “dez mil vezes dez mil”. Se multiplicarmos um pelo outro temos de início cem milhões! É impossível contarmos o número dos anjos!

Os anjos estão perto de Deus e O servem e O louvam constantemente. Mas também estão aqui na Terra conosco. Nossos votos, nossos protestos, nossos relatórios e todas as nossas palavras são ouvidas pelos anjos de Deus. Cada dia eles prestam um relatório do que se passou conosco (Eclesiastes 5:5 e 6).

A Bíblia se refere a anjos chamados querubins (Gênesis 3:4), serafins (Isaías 6:2 e 6) e a um arcanjo que é chamado de Miguel ou “Quem é igual a Deus?”, referindo-se sem dúvida a Jesus (Judas 9; Daniel 12:1 e Apocalipse 12:7). Gabriel, “a fortaleza de Deus”, e que substituiu  a Lúcifer no comando dos anjos bons é mencionado várias vezes, como em Daniel 9:21 e Lucas 1:26.
No Salmo 34:7 temos a promessa: “O anjo do Senhor se acampa ao redor dos que O temem, e os livra.”

Devemos agradecer cada dia ao Senhor por estes companheiros celestes que estão aqui conosco cada dia. Cada passo que damos o anjo bom do Senhor vai conosco. Por isso devíamos cuidar aonde vamos, com quem andamos e até com nossas conversas.

*****************************************************************************************************************************************
-> Texto: Autoria desconhecida
-> Música: Cânticos Trio, “Anjos”
-> Narração: Amilton Menezes

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook