WebRadio

Central de Mídia

Meu Deus a quem pertenço


Gostou? Compartilhe!

19-paisagemTEMPO DE REFLETIR 109 – 19 de abril de 2014

Porque esta mesma noite o anjo de Deus, de quem sou e a quem sirvo, esteve comigo, dizendo: Paulo, não temas; é preciso que compareças perante César, e eis que Deus por Sua graça te deu todos quantos navegam contigo. Atos 27:23 e 24.

Duzentos e setenta e cinco homens estavam à beira do colapso em alto-mar. Durante dias a embarcação foi levada como uma simples folha de um lado para outro. Humanamente não havia mais esperança de salvação. Até a própria armação do navio tinha sido jogada ao mar, para impedi-lo de afundar.

Foi nessas circunstâncias de extrema necessidade humana que Paulo, o prisioneiro que estava sendo conduzido para Roma, colocou-se em lugar estratégico para ser ouvido por todos e disse: “Esta mesma noite, o anjo de Deus, de quem eu sou, e a quem sirvo, esteve comigo, dizendo: Paulo, não temas; é preciso que compareças perante César, e eis que Deus por Sua graça te deu todos quantos navegam contigo.”

A certeza com que o apóstolo Paulo falou, não admitia argumentação. Ele não disse: “Ouvi dizer que Deus pode salvar nestas circunstâncias.” Ele não disse: “Tenho estudado sobre o poder que Deus tem para proteger Seus filhos”. Paulo disse: “O anjo de Deus, de quem eu sou e a quem sirvo.” O apóstolo está falando aqui de experiência e não de simples teoria.

Ele não se pertencia, pertencia a Deus. Sua vida era o desenvolvimento da vontade divina. Seu tempo pertencia a Deus e ele o demonstrava ao devolver ao Senhor o santo sábado. Seus talentos pertenciam a Deus e ele o demonstrava ao devolvê-los todos para o louvor de Deus e o crescimento de Sua igreja, no dia reservado por Deus. Seu corpo pertencia a Deus e ele o prova, não colocando em seu corpo coisas nocivas à saúde. E, finalmente, suas posses pertenciam a Deus e ele o demonstrava ao usar para Deus seus recursos financeiros.

Na hora da dificuldade, era essencial ter consciência de pertencer a Deus, porque se Deus é dono de tudo, então é Ele quem deve resolver o problema.

“Eu O sirvo”, disse também Paulo. O grego dá a entender que esta palavra poderia ser traduzida também como “”Eu O adoro, vivo com Ele, conheço-O, passo todos os dias tempo a sós com Ele e ao longo do dia permito que Ele participe de todas as minhas atividades. Esse Deus a quem pertenço e a quem sirvo, enviou Seu anjo e me disse que não há nada a temer. Todos chegaremos bem a Roma, porque é preciso que eu me apresente diante de César”.

Você sabe a quem pertence? Você sabe a quem serve? Pode em meio aos problemas da vida, levantar-se sem medo e ouvir a voz do anjo do Senhor, dizendo: “Não temas, eu estou contigo!”?

Ninguém poderá confiar em Deus em meio às trevas, se não aprendeu a confiar nEle quando tudo estava calmo. Por isso é vital que os que desejam ser cada dia mais semelhantes a Jesus, O busquem e façam dEle Seu companheiro, Salvador e Amigo de cada minuto.

*****************************************************************************************************************************************
-> Texto: Pr. Alejandro Bullon
-> Música: Betty Souza, “Escolho Jesus”
-> Narração: Amilton Menezes

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook