WebRadio

Central de Mídia

Mais que vencedores


Gostou? Compartilhe!

08-vencedores

TEMPO DE REFLETIR 312 – 8 de novembro de 2014

“Em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio dAquele que nos amou” (Romanos 8:37, NVI).

Paulo diz que Deus, que nos chamou e justificou, também com toda a certeza nos glorificará (Rom. 8:30). Sentimos uma fantástica segurança ao entender que todo o Céu está operando e aguardando nossa redenção — para que os filhos de Deus entrem no que é seu (versos 26-30). Nosso maravilhoso Salvador sela com segurança o cumprimento do propósito divino.

Cristo lida com nossa vida pecaminosa do passado. Paulo faz a pergunta: “Quem fará alguma acusação contra os escolhidos de Deus? E Deus quem os justifica.” Verso 33, NVI. Cristo nos justificou, e Ele é nosso juiz. Quem pode apontar o nosso passado contra nós?

Mais do que isso, Cristo também cuida de nossas necessidades presentes. Paulo pergunta no verso 34: “Quem os condenará? Foi Cristo Jesus que morreu; e mais, que ressuscitou e está à direita de Deus, e também intercede por nós.” O Salvador crucificado e ressurreto agora nos representa no Céu. Seu registro de vida é posto no lugar do nosso registro. Ele Se torna responsável por nossos atos. Quem pode então condenar-nos por nossa vida presente?

Cristo, por fim, toma providências para o nosso futuro. “Quem nos separará do amor de Cristo? Será tribulação, ou angústia, ou perseguição, ou fome, ou nudez, ou perigo, ou espada?” Verso 35, NVI. A resposta é um retumbante “Não!” “Em todas estas coisas somos mais que vencedores, por meio dAquele que nos amou.” Verso 37. Nossa salvação está garantida!

Não é surpresa que Paulo exulte: “Pois estou convencido de que nem morte nem vida, nem anjos nem demônios, nem o presente nem o futuro, nem quaisquer poderes… nem qualquer outra coisa na criação será capaz de nos separar do amor de Deus que está em Cristo Jesus, nosso Senhor.” Versos 38 e 39, NVI. A cruz e a ressurreição garantem que Jesus virá outra vez. Nossa redenção é certa. Os filhos e as filhas de Deus entrarão no que é seu.

Não podemos compreender a natureza daquilo que Cristo fez, continua fazendo e fará pelo cristão. Mas podemos consolar-nos com o fato de que os três grandes poderes do Céu estão trabalhando em nosso favor.

Ninguém pode argumentar contra uma certeza fundamentada na Trindade completa. Assim, exploremos ao máximo todas as atividades e os desejos do Céu para nós!

****************************************************************************************************************************************
-> Autoria: Daniel R Guild
-> Música: Arautos do Rei, “Um vencedor”
-> Narração: Amilton Menezes

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook