WebRadio

Central de Mídia

Livres


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 1549 – 29 de março de 2018

“Se, porém, andarmos na luz, como Ele está na luz, mantemos comunhão uns com os outros, e o sangue de Jesus, Seu Filho, nos purifica de todo pecado (I João 1:7).

Um velho homem, numa caravana que cruzava o norte da Índia, desmaiou por causa do calor e da dureza da viagem. Finalmente, não conseguiu ir adiante e os outros o deixaram à beira da estrada para morrer. Entre os viajantes estava um missionário que se ajoelhou ao lado do pobre homem e cochichou ao seu ouvido: “Irmão, qual é a sua esperança?” O moribundo tentou erguer-se um pouco para responder e, com grande esforço, conseguiu dizer o seguinte: “O sangue de Jesus Cristo, Seu Filho, nos purifica de todo pecado.” Então, deu seu último suspiro e morreu.

O cristão se surpreendeu com a resposta e também com a calma e a serena segurança daquele ancião que morria. A princípio, não pôde imaginar como aquele homem havia obtido o conhecimento da salvação. Depois, notou que o falecido tinha um pedaço de papel fechado em sua mão. Abrindo-lhe os dedos, encontrou uma única página das Santas Escrituras,
contendo I João 1. Naquela única página o velho homem havia encontrado a vida eterna.

Numa de Suas parábolas, Jesus contou de um fariseu que subiu ao templo e orou: “Ó Deus, graças Te dou porque não sou como os demais homens, roubadores, injustos e adúlteros, nem ainda como este publicano; jejuo duas vezes por semana e dou o dízimo de tudo quanto ganho.” Em contraste, Jesus contou de um publicano que orava: “Ó Deus, sê propício a mim, pecador!” (Lc 18:9-13). Tanto o velho homem que se separou da caravana na Índia quanto o publicano tinham a mesma disposição de espírito, pois ambos reivindicaram a promessa: “O sangue de Jesus, Seu Filho, nos purifica de todo pecado.”

Estamos dispostos a desnudar nosso coração diante dos olhos de Deus, que tudo veem? Estamos dispostos a esquadrinhar nossa vida hoje e pedir perdão do pecado mediante o sangue de Jesus, de chegar ao ponto de dizer: “Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador”? Milhões que lutam com a culpa, dúvida, aflição e auto recriminação precisam responder ao oferecimento de Jesus e permitir que Ele aplique Seu simples remédio – sangue purificador.

Quando nos dispomos pela fé e aceitamos o que Jesus oferece, temos a certeza dos pecados perdoados e a esperança da vida eterna.


Rafaela Pinho, “Máscaras”
Narração: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:

-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).

-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube.Com/AmiltonMenezes7

-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 9893 2056 e mande um recadinho pedindo os áudios.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook