WebRadio

Central de Mídia

Lâmpada e cura


Gostou? Compartilhe!

06-02 TDR 1133

TEMPO DE REFLETIR 1133 – 6 de fevereiro de 2017

“Lâmpada para os meus pés é a Tua Palavra e luz para os meus caminhos” (Salmo 119:105).

Se você fizer um levantamento dos seus erros e acertos na vida cristã, descobrirá que eles estão relacionados com sua distância ou proximidade da Palavra de Deus. As Escrituras nos foram dadas, entre outras razões, para nos iluminar e curar. João Crisóstomo, um dos grandes vultos do cristianismo nos primeiros séculos, observou que, assim como o nosso corpo, o corpo de Cristo, a igreja, está sujeito a muitas enfermidades. Remédios, dieta apropriada, clima adequado e repouso ajudam a restaurar nossa saúde física. Mas como podemos ser espiritualmente curados? Ele responde: “O único meio e a única cura nos foram dados, e esse é o estudo da Palavra. Esse é o melhor instrumento, a melhor dieta, o melhor clima; ela está no lugar do remédio e da cirurgia; quer ela seja necessária para anestesiar ou amputar, esse método deve ser utilizado; sem a Palavra, nada mais dá qualquer resultado”.

Para Martinho Lutero, o grande reformador, é possível sobreviver espiritualmente sem todas as coisas, exceto a Palavra de Deus. Diante das acusações, ele recusou-se a retratar, afirmando: “Minha consciência está cativa à Palavra”. Condenado, concluiu mais tarde: “Ainda que eu tivesse que perder meu corpo e minha vida por essa causa, eu não poderia separar-me da Palavra de Deus”. De fato, foi a proclamação da Palavra divina que estabeleceu a Reforma. Como ele diria: “Eu simplesmente ensinei, preguei e escrevi a Palavra de Deus. Além disso, não fiz mais nada. E, enquanto eu dormia […] a Palavra enfraqueceu o papado tão poderosamente como jamais o fizera qualquer príncipe ou imperador. Eu não fiz nada. A Palavra fez tudo sozinha”.

Fico impressionado pela tradição de reverência pela Palavra de Deus que cobre os séculos da história cristã. Faltariam tempo e espaço para falar de uma legião de cristãos que, desde os dias dos apóstolos até os tempos atuais, consistentemente afirmaram seu compromisso com as Escrituras. Certamente, houve exceções e desvios dessa norma, mas o consenso cristão tem sido de magnificar a importância do estudo da Palavra de Deus.

Querido ouvinte, faça um plano sério de estudo da revelação divina em Sua Palavra. Memorize textos bíblicos, repita-os e ore citando-os. Fale deles aos outros. Tenha um caderno, anote suas descobertas. Maior envolvimento trará maior aprendizado.


-> Música: Coral Canto Jovem, “A Bíblia”
-> Locução: Amilton Menezes

Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 99893-2056 e mande uma mensagem pedindo os áudios. Se você tem Telegram, adicione nosso canal: telegram.me/tempoderefletir

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook