WebRadio

Central de Mídia

Laços de amor


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR – 27 de janeiro de 2014

“Atraí-os com cordas humanas, com laços de amor.” Oséias 11:4

Amor é a palavra que melhor define o caráter e personalidade de nosso Deus e Criador. “Deus é amor” e, portanto, Ele ama. Ele ama a tudo e a todos.

Mas, quais são os grandes amores de Deus? Será que Ele ama mais a uns que a outros? Ele ama a Natureza que criou, incluindo os pássaros, os animais, o homem. Deus ama Seus anjos e os habitantes dos outros mundos… Porém, quando o pecado entrou em nosso mundo, Ele sentiu e sente ainda um amor muito maior por todos nós.

Infelizmente, o mundo está cheio de ideias erradas a respeito de Deus: alguns dizem que Ele é um severo juiz, que sem misericórdia envia os maus para o inferno e os bons para o Céu; outros creem que, se Deus é amor, é tão bom que acabará perdoando a tudo e a todos; há os que acusam Deus da existência do pecado e de toda a dor, sofrimento e morte que sofremos, e alguns chegam à petulância de dizer que Deus não existe, que está morto!

Mas a verdade é que Deus existe e não é nada disso que outros pensam. Quando estudamos de Deus em relação à vida de Jesus, Seu Filho, evidenciamos que o amor é o móvel de Sua existência, e a salvação do homem, com a reabilitação de tudo o que foi criado e perdido, o grande alvo de todo o Seu plano de redenção. Tudo nos mostra que o homem, quando pecou no Éden, foi a grande preocupação de Deus, o Seu grande dilema: o que fazer com o pecador? Como poderá ele ser salvo? Aceitaria o homem o plano de salvação?

Sim, Deus estava num dilema, se assim for permitido nos expressarmos. Mas o Senhor Deus tinha a resposta: a cruz, Seu Filho tomando a forma humana e morrendo na cruz. Ao ir ao jardim naquela tarde, Deus foi decidido a adotar o homem como Seu filho e a convidá-lo como filho pródigo que era agora, a voltar arrependido aos braços de amor do pai. (Lucas 15:11)

Ao tomar tal decisão e ao Adão aceitar o Seu Plano, Deus revelou seu grande amor pelo ser humano. Mesmo em meio aos sofrimentos que resultam do pecado, revela-se ainda o amor de Deus.

******************************************************************************************************************************************************
-> Texto: autoria desconhecida
-> Música: Naielly Leite, “Sangue, o preço do perdão”
-> Narração: Amilton Menezes

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook