WebRadio Maranatha

Iremos convosco


Gostou? Compartilhe!

ENCONTRO COM AS PROFECIAS 137

Que bom ter você na companhia mais uma vez. Hoje quero dividir com você mais uma profecia de Zacarias. Mais um recado de ânimo e esperança para o povo judeu que voltara do cativeiro babilônico.

Está em Zacarias 8:22 e 23 – “Assim virão muitos povos, e poderosas nações, buscar em Jerusalém o Senhor dos Exércitos, e suplicar a benção do Senhor. Assim diz o Senhor dos Exércitos: Naquele dia pegarão dez homens, de todas as línguas das nações, pegarão, sim, na orla das vestes de um judeu, dizendo: Iremos convosco, porque temos ouvido que Deus está convosco”.

O que estava se via nos dias de Zacarias era muito diferente do que estava sendo profetizado. A profecia apontava para um futuro extraordinário dos habitantes de Jerusalém. Todo o capitulo oito é uma descrição das grandes bênçãos que Deus iria derramar sobre o povo dEle.

O povo daquela época foi desafiado a dar prioridade aos assuntos de Deus ao invés de suas próprias coisas. Eram convocados para viver uma vida de obediência completa ao plano estabelecido pelo Senhor do Universo. Se fizessem a parte deles, os velhos não seriam mais molestados e as crianças brincariam tranqüilas nas ruas e praças de Jerusalém (8:4 e 5).

Como você imagina que iriam reagir as nações vizinhas, diante de tal quadro em Israel? A resposta está na profecia que li no começo do programa: “Assim virão muitos povos, e poderosas nações, buscar em Jerusalém o Senhor dos Exércitos” (Zacarias 8:22).

“Maravilhosos haveriam sido os resultados, se ao voltarem do exílio, os israelitas tivessem cumprido o glorioso plano. Toda a terra seria preparada para o primeiro advento de Cristo” (S.D.A.B.C. vol. 4, p. 1126). No plano traçado por Deus, muitos povos e muitas nações poderosas, iriam desejar ir até Jerusalém, para buscar algo muito especial: o Senhor Jeová.

Até então as nações que tinham ido até Jerusalém o fizeram para saquear, buscar prata e ouro e pessoas para serem escravas. A profecia aponta um novo tempo. A partir de então os poderosos iriam visitar Jerusalém, não mais para espoliá-la, mas para buscar conhecer mais sobre o Deus Criador e o seu plano de salvação. A profecia diz que seriam povos de todas as línguas. Isto representa um movimento universal. O plano de salvação sairia do circulo dos judeus e se espalharia por todo mundo.

Na profecia é mencionado que dez homens pegariam um judeu. O que o profeta queria dizer com isto? “O numero dez é freqüentemente usado para significar um grande grupo” (Estudo sobre os Profetas Menores vol.2, p.2190). Um exemplo é Levítico 26:26 “Quando eu cortar o suprimento do vosso pão, dez mulheres assarão o pão num só forno, e ser-vos-á distribuído por peso. Comê-lo-eis, mas não vos fartareis”.

O que o profeta estava dizendo ao usar esta expressão era que um grande grupo estaria a procura de um judeu, a fim de conduzi-los até Jerusalém, para que este os ajudasse a encontrar o verdadeiro Deus. O profeta vai ainda mais longe. Ele diz que naquele dia os dez homens pegariam na orla do vestido de um judeu. Isto significava que o povo estaria em desespero e sedento de salvação.

Os judeus não voltaram do cativeiro por acaso. Era profético. Ao retornarem, receberam a missão de reconstruir a cidade e o templo, e depois deveriam evangelizar o mundo. E o sucesso já estaria garantido.
Israel foi escolhido para ajudar a estabelecer o reino de Deus sobre a terra, mas teimosamente se desviou muitas e muitas vezes da importante tarefa. Egoisticamente conservou para si aquilo que teria levado cura e vida espiritual a todos os lugares do mundo. Os israelitas não foram condutores do conhecimento que possuíam do verdadeiro Deus para os outros povos.

Infelizmente nenhuma nação foi a Jerusalém a procura do Deus do criador do céu e da terra, por falta de comprometimento do povo escolhido. Essa missão hoje, está aos cuidados do cristianismo autêntico. Pessoas sinceras que vivem o evangelho e transmitem-no não apenas através da palavra como também com a própria vida.

No passado era fácil distinguir o povo de Deus. Para a nossa época, a Bíblia identifica os proclamadores do final dos tempos como aqueles que “perseveram e guardam os mandamentos de Deus e tem a fé em Jesus” (Apocalipse 14:12).

A perseverança, a guarda dos mandamentos de Deus e a fé em Jesus, são as marcas distintivas dos que devem cumprir com a missão de Deus. Apocalipse 14:6 compara a tarefa a “um anjo voando pelo meio do céu, tendo o evangelho eterno para proclamar aos que habitam sobre a terra e a toda a nação, tribo, língua, e povo”.

Amigo ouvinte, tem você feito parte desse grupo comprometido com a pregação da esperança? Tem você vivido exemplarmente o cristianismo implantado por Jesus? Lembre-se que o povo judeu falhou no cumprimento da missão. E você, e eu? Cumpriremos com a vontade do Senhor?

Creia no Senhor Deus e você estará seguro. Creia nos profetas dEle e você prosperará.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook

WebRadio Maranatha