WebRadio

Central de Mídia

Honestidade!


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 2234 – 12 de fevereiro de 2020

Salmo 15:1 e 2: “Quem poderá morar no Teu santo monte? Aquele que é íntegro em sua conduta”.

Até hoje a tenho guardada, conta o Pr. José Maria Barbosa Silva. É uma moeda de um centavo de dólar. Uma ninharia. Naquela sexta-feira, pouco antes do meio-dia, passei na gráfica da Universidade Andrews a fim de pegar um material para apresentação em classe. Somou 11,34 dólares. Como aluno sempre anda com moeda no bolso, felizmente eu tinha dinheiro miúdo. Paguei 11,35, e a senhora que me atendeu se desculpou pelo fato de não ter um centavo de troco naquele momento. Eu disse: “Imagina! Um centavo. Não precisa.” Como brasileiro acostumado a escutar: “Posso ficar lhe devendo cinco centavos?”, aquilo não era nada.

A surpresa para mim veio três dias depois quando recebi um envelope com a cópia do recibo e a moeda de um centavo colada no papel com fita adesiva. Eu nem me lembrava mais. Olhei no envelope para ver quanto tinha custado a remessa pelo correio: dezoito centavos. Pensei: “Mas que maneira de cuidar de um item tão pequeno e sem valor, que muita gente passa por alto.” Ela poderia ter pensado: “Ah! Coisa tão pequena. Se ele mesmo disse ‘deixa pra lá’ e nem se lembra mais, para que vou me dar ao trabalho de enviar um centavo?”

Por que guardo a moedinha até hoje? Pelo seu valor simbólico. Para me lembrar de uma senhora que quis ser honesta e leal primeiramente consigo mesma, e que podia se ver no espelho pela manhã e ficar feliz pelo que fez. Mesmo que não faça sentido na mente do outro, deve fazer sentido para você.

Devemos viver uma vida alinhada com nossos valores e com aquilo que cremos. As promessas e compromissos que assumimos com nós mesmos são tão importantes como os compromissos firmados com outras pessoas e que não deveríamos deixar apenas no nível das intenções, empurrando a consciência para o lado quando ela grita para fazer o que é certo.

“A maior necessidade do mundo é a de homens […] que no íntimo da alma sejam verdadeiros e honestos” (Educação, p. 57).

Num salmo intitulado “O hóspede de Deus”, Davi diz: “Senhor, […] quem poderá morar no Teu santo monte? Aquele que é íntegro em sua conduta e pratica o que é justo, que de coração fala a verdade […] que mantém a sua palavra, mesmo quando sai prejudicado […].
Quem assim procede nunca será abalado!” (Sl 15:1, 2, 4, 5).

Reflita sobre isso no dia de hoje e ore comigo agora:

Pai, a minha oração é a mesma do salmista, no Salmo 15: Quem poderá morar no Teu Santo monte? Aquele que é íntegro em sua conduta e pratica o que é justo, que de coração fala a verdade e que mantém a sua palavra em qualquer circunstância. Me ajude a ser assim, por favor. Em nome de Jesus, amém!


-> Narração: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:

-> No celular, instale o aplicativo MANAH para Android e iOS

-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: youtube.com/AmiltonMenezes7

-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 99507 0705 e mande um recadinho pedindo os áudios.

-> Instagram: @amiltonmenezes7

-> Twitter: @AmiltonMenezes

-> Facebook: facebook.com/AmiltonMenezes

 

 

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook