WebRadio

Central de Mídia

Elogios fazem diferença


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 1637 – 25 de junho de 2018

“Como maçãs de ouro em salvas de prata, assim é a palavra dita a seu tempo” (Provérbios 25.11).

Uma jovem esposa chamada Sandra entrou abruptamente no escritório do pastor e começou a contar uma longa e dolorosa história sobre seu esposo. Ele a tratava com desprezo, explicou Sandra. Nada do que fazia o agradava. Todos os dias, ela temia o momento em que ele voltava do trabalho para casa.

Sandra era uma mulher jovem e bonita, mas o seu sentimento de rejeição a transformara em uma esposa derrotada, tensa e fria. Quanto mais sentia o desdém do marido, menos motivada para agradá-lo ela ficava. Sandra estava aprisionada em um círculo vicioso. O pastor decidiu que era melhor fazer uma visita a Joe, o marido de Sandra. O homem ficou atônito ao ouvir que ele era a causa da depressão da esposa. Ele não percebera o que estava acontecendo.

O pastor deu uma sugestão: “Escolha 10 qualidades positivas em sua esposa, e agradeça a Deus por elas. Agradeça a Deus duas vezes por dia, uma vez pela manhã, e outra, a caminho de casa, vindo do trabalho.”

Isto não parecia ser muito difícil, e Joe concordou. Ele começou a agradecer a Deus pelas coisas que gostava em Sandra. Não passou muito tempo, e ela começou a mudar diante dos olhos dele. Ficou mais alegre, mais positiva, mais afetuosa. Joe continuou sendo grato por ela, e Sandra cresceu em respeito próprio e motivação.

Palavras positivas produzem ações positivas. Palavras negativas produzem ações negativas. A afirmação põe para fora o que há de melhor em nós, enquanto a crítica põe o que há de pior para fora.

O sábio disse: “A ansiedade no coração do homem o abate, mas a boa palavra o alegra” (Pv 12:25). “A palavra, a seu tempo, quão boa é!” (Pv 15:23). Os elogios têm poder incomum de transformar toda a atmosfera do lar, da sala de aulas, ou do ambiente de trabalho. Jesus era mestre em dar elogios. As pessoas ficavam maravilhadas pelas “palavras de graça” que fluíam de Sua boca (Lc 4:22).

O que você tem a agradecer em sua esposa, em seu esposo? Em seu filho, em sua filha? Em seu irmão, em sua irmã? Em seus amigos, colegas de classe ou de trabalho? Diga para eles. Sem temor, elogie as pessoas ao seu redor, e observe o resultado.


-> Música: Viviane e Regiane, “Colham as flores”
-> Narração: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:

-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).

-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube.Com/AmiltonMenezes7

-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 9893 2056 e mande um recadinho pedindo os áudios.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook