WebRadio

Central de Mídia

E quem é este Homem?


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 2058 – 20 de agosto de 2019

Mateus 7:28: “Quando Jesus acabou de proferir estas palavras, estavam as multidões maravilhadas da sua doutrina”.

E por que não deviam eles se maravilhar? Você já parou para pensar na percepção que eles tinham de Jesus e no tipo de coisas que Ele disse, as quais eram não apenas surpreendentes, mas extremamente chocantes? Ficamos tão familiarizados com Jesus e com a interpretação histórica dEle, que muitas vezes nos esquecemos de como Ele deve ter sido percebido pelas pessoas de Sua época.

E como essas pessoas O viam? Pelo que Ele era: Um simples carpinteiro de uma pequena aldeia chamada Nazaré da Galiléia. Ele não era um escriba nem um fariseu, mas um homem comum, um operário. Não havia se assentado aos pés de Gamaliel nem de qualquer outro grande mestre. Não passava de um rústico e humilde carpinteiro.

Mas subitamente Ele entra em cena na vida judaica com um ministério popular e extraordinário. Não faz rodeio de palavras. Desde o começo, ensina as coisas mais surpreendentes e o faz com autoridade. Seu surgimento é um choque para a nação judaica.

Observe a ousadia na maneira como ensina. Os escribas, os Ph.Ds religiosos da época, não se destacavam por sua originalidade de pensamento. Seus métodos de ensino baseavam-se na autoridade alheia. Grande era a erudição deles, e eram capazes de citar essa e aquela autoridade com grande desembaraço e domínio de cena. Quando discutiam, faziam isso amontoando grande lista de citações.

Mas Jesus nem sequer elogia a metodologia dos escribas. O Mestre não recorria a nenhuma outra autoridade. Ele era a Autoridade. Seu estilo era: “Eu vos digo”, e não “disseram assim ou assado”.

Além disso, Ele falava com plena autoridade quando fazia pronunciamentos. Não hesitava em dizer a Seus ouvintes o que lhes traria bênçãos. Nem se intimidava de prometer aos outros o reino do Céu.

O humilde Carpinteiro atingiu a Palestina com uma onda de surpresas. Não era difícil dar-Lhe atenção. Ainda hoje acontece isso. Ele ainda fala com autoridade, até mesmo para você e para mim.

Reflita sobre isso no dia de hoje e ore comigo agora:

Grande Deus e Pai: obrigado pelo precioso ministério de Jesus quando esteve nessa Terra. Obrigado pela salvação, que através dEle, cada um de meus ouvintes e eu podemos ter. Por favor, continues dirigindo a nossa vida, para que possamos fazer a Tua vontade sempre. Em nome de Jesus, amém.


-> Narração: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:
-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).
-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube.Com/AmiltonMenezes7
-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 99507 0705 e mande um recadinho pedindo os áudios
-> Instagram: @amiltonmenezes7
-> Twitter: @AmiltonMenezes
-> Facebook: facebook.com/AmiltonMenezes

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook