WebRadio

Central de Mídia

Deus provê


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR – 20 de setembro de 2013

Sob a Tua palavra lançarei as redes. Lucas 5:5

João foi um dos primeiros a reconhecer Jesus como o Messias. Ouviu a pregação de João Batista e sabia que ele havia sido enviado como o precursor dAquele que era a Esperança de Israel. Para João e André, João Batista apontou Jesus como “o Cordeiro de Deus”. […] Jesus os viu seguindo-O e convidou-os a irem à Sua humilde morada. Ficaram com Ele aquela noite e, ao saírem de Sua presença, tinham plenamente confirmada a fé em Seu caráter divino e em Sua missão.

André foi em busca de seu irmão, Simão, e o trouxe a Jesus, saudando-­­o com a declaração: “Achamos o Messias” (Jo 1:41). No dia seguinte, Jesus chamou Felipe para segui-Lo. […]

Daí em diante, André, Pedro, Tiago e João passaram a ser conhecidos como discípulos de Jesus. […]

Embora eles assistissem às pregações de Jesus e passassem bastante tempo em Sua companhia, ainda continuavam em seu humilde trabalho. Mas havia chegado o tempo em que eles deveriam deixar suas redes, seus barcos de pesca e estar mais intimamente ligados a Jesus. Multidões O seguiam em Seu ministério. Então, ao ensinar junto ao lago de Genesaré, “aconteceu que, ao apertá-Lo a multidão para ouvir a palavra de Deus” (Lc 5:1), Ele entrou no barco de Pedro e dali ensinava o povo espalhado na encosta às margens do lago. “Quando acabou de falar, disse a Simão: Faze-te ao largo, e lançai as vossas redes para pescar” (v. 4).

Pedro respondeu que haviam trabalhado toda noite e não tinham pego coisa alguma. O trabalho havia sido infrutífero, mesmo em uma época própria para a pesca, e não havia probabilidade alguma de êxito naquele momento, “mas”, respondeu Simão, “sob a Tua palavra lançarei as redes”

(v. 5). Assim foi feito, e a quantidade de peixes foi tão grande que a rede não pôde contê-los. Tiago e João, companheiros de André e Pedro, foram chamados para ajudá-los. […]

Uma obra importante e solene estava diante deles. Deviam abandonar seu único meio de subsistência e gastar sua vida em abnegados esforços para salvar os pecadores que perecem. Antes, porém, de chamá-los para essa vida de renúncia e dependência de Deus, o amoroso Salvador mostrou-lhes que, como Senhor do Céu e da Terra, Ele era plenamente capaz de suprir todas as necessidades deles (Signs of the Times, 8 de janeiro de 1885).

********************************************************************************************************************

-> Texto: Ellen G. White, do devocional 2013 “Perto do Céu”, da Casa Publicadora Brasileira.  http://www.cpb.com.br
-> Música: Igl3sias, “Pescador”
-> Narração: Amilton Menezes

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook