WebRadio

Central de Mídia

De volta à lei e aos profetas


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 2014 – 07 de julho de 2019

Tiago 2:8: “Se vós, contudo, observais a lei régia segundo a Escritura: Amarás o teu próximo como a ti mesmo, fazeis bem”.

Com Mateus 7:12 – “Tudo quanto, pois, quereis que os homens vos façam, assim fazei-o vós também a eles; porque esta é a lei e os profetas” – completamos o circuito de Mateus 5:17: “Não penseis que vim revogar a lei ou os profetas; não vim para revogar, vim para cumpri [-las]”.

Tanto Mateus 5:17 como 7:12 destacam a lei e os profetas. A menção que esses versos fazem da lei e dos profetas abrange a essência do Sermão do Monte. Em consequência, a regra áurea deve ser vista como uma síntese da interpretação que Cristo faz da lei dos profetas, sendo Mateus 5:21-7:17 Sua expansão ou desdobramento dos diversos princípios inerentes a essa síntese.

Depois de Mateus 7:12 passamos por uma mudança principal no sermão. Os princípios foram estabelecidos; agora estamos prontos para a apresentação feita por Cristo do juízo que deve basear-se nesses princípios. Podemos ser gratos por Jesus dedicar tanto tempo completando os princípios da lei e dos profetas, porque, como seres humanos, parecemos propensos e determinados a compreender erroneamente o propósito das Escrituras. Mesmo depois de Jesus ter esclarecido repetidas vezes que os princípios da lei do Antigo Testamento não deviam ser vistos como regras relacionadas apenas com a ação, ainda encontramos pessoas que empregam as palavras do Senhor exclusivamente com o intuito de criar mais regras de atos exteriores.

Será que nunca conseguiremos captar a verdadeira importância do Seu ensino? Nunca entenderemos que Sua lei é mais uma forma de viver e de pensar do que uma lista de proibições?

E precisamos reconhecer que a lei eterna é, em sua essência, algo mais positivo do que negativo. É fazer algo pelos outros; é amar a Deus e ao próximo de todo o nosso coração, mente e alma.

Pratique isso no dia de hoje e ore comigo agora:

Obrigado, Jesus, por nos tornares clara a natureza espiritual da lei. Obrigado por não fazeres isso apenas em palavras, mas em Tuas ações diárias. Ajuda-nos a desejarmos ser semelhantes a Ti. Por favor. Em nome de Jesus, amém!


-> Narração: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:
-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).
-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube.Com/AmiltonMenezes7
-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 99507 0705 e mande um recadinho pedindo os áudios.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook