WebRadio

Central de Mídia

Como me apresentarei?


Gostou? Compartilhe!

12-05 TDR 863

TEMPO DE REFLETIR 863 – 12 de maio de 2016

“Quem subirá ao monte do Senhor? Quem há de permanecer no Seu santo lugar? O que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à falsidade, nem jura dolosamente” (Salmo 24:3).

São perguntas fortes! Temos lido muitas vezes no Antigo Testamento que as pessoas que tiveram um encontro com Deus, não suportaram estar perto dEle e não era qualquer um que podia fazê-lo, pois existiam condições para tal.  Hoje, as condições são as mesmas; a única coisa que mudou é que, por meio do sangue de Jesus, todos nós temos livre acesso a Deus.

Vejamos as quatro condições para obter esse encontro:

1–  Mãos limpas. Onde você está colocando suas forças? Você está envolvido nas coisas do mundo ou utiliza seus dons e talentos para as coisas de Deus? Suas mãos são de bênçãos para os outros ou somente trabalham para você?  Ter mão limpas significa que elas estão trabalhando para Deus.

2– Coração puro. Entregou seu coração por completo ao Senhor?  OU guardou algumas coisas, às quais Ele “não tem” acesso? Do nosso coração nascem as coisas más, por isso ele tem que ser limpo e entregue a Deus, para que seja purificado cada dia mais.

3– Não adorar ídolos. Talvez exista algo na sua vida que lhe interessa mais do que Deus. Coloque Deus em primeiro lugar na sua vida e somente Ele.

4– Jurar por deuses falsos. Em outra tradução, diz: “jurar com falsidade”. Quantas vezes acontece de não dizermos a verdade e inventarmos coisas? É claro que cada vez que mentimos, perdemos nossa comunhão com Deus. Ele não suporta a mentira.

O salmista promete que, se cumprirmos com essas quatro condições, receberemos as bênçãos do Senhor e Ele fará justiça por nós.


-> Música: Rafaela Pinho, “Recomeçar”
-> Locução: Amilton Menezes

Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 9893-2056 e mande uma mensagem pedindo os áudios. Se você tem Telegram, adicione nosso canal: telegram.me/tempoderefletir

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook