WebRadio

Central de Mídia

Comece pelo começo


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 1827 – 1 de janeiro de 2019

“No princípio Deus criou os céus e a terra” (Gênesis 1:1).

Há muitos jeitos de iniciar um livro, um projeto, o ano e um novo momento da vida, mas a melhor maneira ainda é começar pelo começo. Continua válida a frase do autor do clássico Alice no País das Maravilhas: “Comece pelo começo, vá até o fim e então pare”.

Na Bíblia, o começo de tudo é Deus; por isso, a abertura do Gênesis diz: “No princípio Deus”. Essa é uma maneira incomum de iniciar um livro: sem contextualização, sem preparo, sem floreio. O autor apenas afirma a existência de Deus, na beleza de sua majestade e no silêncio de sua eternidade, sem tentar provar nada. Para ele, Deus não é uma criação da mente, mas a mente da criação. Absoluto, singular, indispensável, Deus é o começo de tudo, o Alfa e o Ômega, o A e o Z. Não por acaso, na primeira narrativa da criação (Gn 1:1-2:3), a palavra “Deus” aparece 32 vezes.

Na expressão “no princípio” está a origem de todas as coisas, porque estava lá o ser que contém tudo. Com Deus, o princípio é mais do que um simples começo, como se vê pela própria existência do mundo. Se Deus está presente, coisas boas sempre acontecem: a eternidade oferece tempo cronometrável, o espaço ganha beleza, os sons adquirem o ritmo de música, o desenho sai da tela e vira paisagem 3D, átomos se transformam em partículas de vida, a felicidade deixar de ser sonho e se torna real.

Nesse estágio, Deus estava sozinho. Ele antecede a filosofia, a teologia e a ciência. Tudo o que vem depois depende dele. Sem o Criador, não haveria mundos, estrelas, Sol, Lua, dias, anos, cidades, pessoas, você. Sem ele, haveria apenas o vazio ou, no máximo, o caos. Com Deus, o universo ganha plenitude. Hoje você fala porque as coisas existem, mas no relato sagrado as coisas existem porque Deus fala.

O personagem do prólogo de Gênesis não é uma abstração, mas uma pessoa. É um ser que pensa, sabe, pode, sente, ama e, por isso, cria. E cria de um jeito que só ele pode fazer. Cada estrela, cada flor e cada pássaro que existem foram feitos para transmitir uma mensagem de afeição eterna: “Eu amo você!” Se a ciência busca desvendar o mistério da realidade, a religião oferece o motivo da conectividade: Deus.

O Deus do princípio é também o Deus do epílogo. Ele está nas duas extremidades do tempo e da vida. No princípio e no fim, é o ponto de referência, presente nos momentos fundamentais da história e da vida. Ele une os meses, os dias, as horas e os minutos em um todo coerente e significativo. Com Deus, todo começo é bom e todo fim é maravilhoso. Deus estará com você cada dia do ano, para que você esteja com Ele por toda a eternidade.


-> Narração: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:
-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).
-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube.Com/AmiltonMenezes7
-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 99893 2056 e mande um recadinho pedindo os áudios.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook