WebRadio

Central de Mídia

Cavando mais fundo


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 1946 – 30 de abril de 2019

Provérbios 3:23 e 24: “Feliz o homem que acha sabedoria, e o homem que adquire conhecimento; porque melhor é o lucro que ela dá do que o da prata, e melhor a sua renda do que o ouro mais fino”.

Salomão era versado em muitas áreas do conhecimento. Arguto observador, até mesmo fatos corriqueiros eram objeto de suas profundas reflexões. Tirou lições das formigas, das aves e, acima de tudo, do comportamento humano. Exaltou a pessoa prudente e sábia, mas condenou o rico ou poderoso que não se domina. Ele cavou fundo para encontrar a sabedoria. Mesmo assim, numa fase sombria de sua vida, praticou o que mais tarde viria a condenar veementemente: a estultícia. Ele escreveu: “As primeiras palavras da boca do tolo são estultícia, e as últimas, loucura perversa” (Ec 10:13).

Deus deseja que Seus filhos cavem fundo à procura da verdadeira sabedoria. Não sabedoria acadêmica, mas o conhecimento que vem do alto.

Certo fazendeiro contratou um especialista em perfuração de poços. O equipamento era de primeira qualidade, e o preço foi combinado com base na quantidade de metros perfurados. Mas o dono da propriedade insistiu num ponto: que se cavasse apenas o suficiente, ou seja, até que aparecesse água. Quando a perfuradora atingiu uns 40 metros de profundidade, jorrou boa quantidade de água. O fazendeiro deu-se por satisfeito. Mas o especialista disse: “No tempo da seca, os poços da região podem secar. E se isso ocorrer, o senhor não terá condições de cuidar das necessidades de sua família e de seus animais. Se quiser um bom conselho, cave mais fundo”. O fazendeiro pensou por alguns instantes e respondeu: “Pode cavar mais”. O especialista, porém, advertiu: “Vai fica bem mais caro”.

Jesus não pechinchou para reduzir o preço da nossa salvação. Ele cavou fundo, dando a própria vida, para que tivéssemos o suprimento necessário de perdão, poder e graça. Embora a salvação seja um dom, cumpre-nos também cavar fundo no que diz respeito ao conhecimento da sabedoria que vem do alto. Não precisamos ser eruditos em teologia e doutrina, mas devemos entender a vontade de Deus para a nossa vida. Além disso, nossa comunhão com Ele deve ser profunda. Profundidade, nesse sentido, quer dizer intimidade com Jesus.

Também devemos estar cientes de que ignorar o plano da salvação é estultícia, mas desprezar o que Deus diz é loucura. Quem estuda a Bíblia fervorosa e diligentemente, jamais terá falta da água da vida.


-> Narração: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:
-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).
-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube.Com/AmiltonMenezes7
-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 99893 2056 e mande um recadinho pedindo os áudios.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook