WebRadio

Central de Mídia

Caluniado e traído. Você já foi?


Gostou? Compartilhe!

22-arvore

TEMPO DE REFLETIR 203 – 22 de julho de 2014

Quanto a mim, porém, sou como a oliveira verdejante, na casa de Deus; confio na misericórdia de Deus para todo o sempre. Sal. 52:8

Doegue, o homem de confiança de Saul, era edomita. Os edomitas seriam considerados mais tarde inimigos de Israel. Doegue é considerado um símbolo de traição. Poderia ser comparado a pessoas que hoje estão à sua volta dispostas a apunhalar você pelas costas. Em certa ocasião, perseguido pelo rei Saul, Davi se escondeu em Nobe e foi ajudado pelo sacerdote Aimeleque. Doegue estava ali e correu para levar a notícia a Saul. O resultado foi a matança de todos os sacerdotes de Nobe.

Este salmo foi escrito por Davi quando se viu traído por Doegue. O salmista começa dizendo: “Porque te glorias na maldade, ó homem poderoso?… A tua língua urde planos de destruição; é qual navalha afiada”. Sal. 52:1 e 2.

Existe, hoje, alguém que se sente poderoso por causa de sua posição dentro da empresa e que com sua “língua urde planos de destruição” contra você?

Veja como Davi reage diante dessa circunstância: volta os olhos para o monte das Oliveiras. O monte estava cheio de oliveiras verdes e produtivas que resistiam à intempérie e às dificuldades do clima. “Sou como a oliveira verdejante”, afirma o salmista. Na linguagem original, não existe referência à cor. “Verdejante”, neste texto, significa florescente, vigorosa, cheia de vida e de frutos. A beleza da oliveira não estava na sua aparência, e sim na sua produtividade.

O mundo à sua volta podia estar cheio de traição e calúnia. Mas, quando Davi se refugiava em Deus, sentia-se como “oliveira verdejante”. O segredo da vitoriosa atitude do salmista estava “na casa de Deus”.

Quem será capaz de destruir você quando está protegido nas mãos de Deus? A promessa que Deus lhe faz, hoje, é que a “misericórdia de Deus” será com você “para todo o sempre”.

Confiando nesta promessa, vá hoje para o lugar ao qual precisa ir, sem temor. Deus irá adiante de você, abrindo as portas e silenciando a boca de seus inimigos.

Repita as palavras de Davi: “Quanto a mim, porém, sou como a oliveira verdejante, na casa de Deus; confio na misericórdia de Deus para todo o sempre”.

*****************************************************************************************************************************************
-> Autor: Alejandro Bullon
-> Música: Rafaela Pinho, “Aprender a confiar”
-> Narração: Amilton Menezes

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook