WebRadio

Central de Mídia

Bendita esperança


Gostou? Compartilhe!

17-volta_Jesus

TEMPO DE REFLETIR 198 – 17 de julho de 2014

E, quando Eu for e vos preparar lugar, voltarei e vos receberei para Mim mesmo, para que, onde Eu estou, estejais vós também. João 14:3

Disse alguém: “Você pode viver pode viver poucas semanas sem comida, poucos dias sem água, mas apenas alguns momentos sem esperança”. A esperança eleva o espírito, anima o coração. Inspira-nos a prosseguir, mesmo nas horas mais difíceis. Às vezes, tudo o que precisamos é um vislumbre da esperança de que, um dia, as coisas ficarão melhores do que são hoje.

Pouco antes da sua crucifixão, Jesus animou os discípulos com estas palavras: “Não se turbe o vosso coração”. João 14:1. Ou seja, não fiquem ansiosos. Não deixem que as preocupações os oprimam nem que o medo os controle, pois Eu “voltarei e vos receberei para Mim mesmo”. João 14:3.

Assim, há um evento tão grande e glorioso que dissipa nossos temores. É suficientemente brilhante para superar nossas ansiedades e vencer nossas preocupações – a volta de Jesus. Ele disse que veríamos “o Filho do Homem vindo numa nuvem, com poder e grande glória”. Luc 21:27.

A promessa da volta de Cristo se repete nas Escrituras. Para cada passagem do Antigo Testamento sobre a primeira vinda de Jesus, existem oito sobre a segunda vinda. Em cada 25 versos do Novo Testamento, um fala sobre a volta do Senhor. Essa é uma esperança inabalável em um tempo de incertezas. O clímax da História se dará com o aparecimento de Jesus, e não com uma guerra nuclear, química ou biológica. O venturoso futuro não será anunciado por uma nuvem em forma de cogumelo, mas pela nuvem da glória de Cristo.

Segundo Paulo, esperamos “a bendita esperança e a manifestação da glória do nosso grande Deus e Salvador Jesus Cristo”. Tito 2:13. Tal esperança nos mantêm olhando para cima em meio às doenças e devastações, ao desastre e à morte, ao desânimo e á depressão. Ela desvia nosso olhar das dificuldades da Terra para as glórias do Céu. Apoie-se nessa esperança. Alimente-a. Ame-a. Não importa o que enfrentemos hoje, o Salvador planejou um amanhã glorioso para nós.

*****************************************************************************************************************************************
-> Autor: Mark Finley
-> Música: Quarteto Ômega, “A Esperança”
-> Narração: Amilton Menezes

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook