WebRadio

Central de Mídia

Aquele que nos conduz ao lar


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 1881 – 24 de fevereiro de 2019

“Batizado Jesus, saiu logo da água, e eis que se Lhe abriram os céus, e viu o Espírito de Deus descendo como pomba, vindo sobre Ele. E eis uma voz dos céus, que dizia: Este é o Meu Filho amado, em Quem Me comprazo” (Mateus 3:16 e 17).

“A essência da tragédia humana está na solidão”, escreveu Thomas Wolfe, um romancista americano. Quanta verdade há nisso! A solidão parece existir dentro de cada ser humano. Você já se perguntou por quê? Porque fomos separados de nosso Criador e, por meio de Jesus, Deus está procurando atrair-nos de volta para Si. O pecado é a razão básica da separação entre a humanidade e Deus. Nossa rebeldia pecaminosa contra a vontade de nosso Pai celeste e nosso desejo de colocar-nos no lugar central que pertence apenas a Deus têm aberto um abismo entre nós e Ele. Jesus enviou o Espírito Santo ao mundo para convencer-nos do pecado e levar-nos de volta para Deus (João 16:8-14).

As Escrituras comparam o Espírito Santo à pomba que desceu sobre Jesus por ocasião do Seu batismo. A imagem denota a beleza do caráter do Espírito Santo. Assim com a pomba, Ele é gentil, amoroso, meigo, inocente e perdoador. Desde o Pentecostes, o Espírito Santo tem habitado no crente assim como pairou sobre Jesus em Seu batismo. Naquela maravilhosa ocasião o Pai anunciou: “Este é o Meu Filho amado, em Quem Me comprazo.” As palavras do Céu abrangem a humanidade! “Deus falou a Jesus como nosso representante. Com todos os nossos pecados e fraquezas, não somos rejeitados como indignos” (O Desejado de Todas as Nações, p. 113).

Certa vez li a história de um guia nos desertos da Arábia, do qual se dizia nunca haver-se perdido. Levava consigo um pombo-correio com um fino barbante preso à sua perna. Quando em dúvida a respeito do caminho a tomar ou da direção a seguir, o homem lançava o pombo ao ar e a ave rapidamente esticava o barbante, tentando voar na direção de casa. Assim, o pombo sempre conduzia seu dono para casa, e as pessoas o chamavam de “o homem do pombo”.

O Espírito Santo é a pomba celestial capaz de afastar-nos da solidão do pecado e levar-nos à salvação – guiar-nos para o lar. Não é maravilhoso, isso?

Ore comigo agora: Louvo o Teu nome, Pai, porque não estamos órfãos ou desamparados neste mundo escuro. Na caminhada para Tua casa, temos um Guia infalível, o Teu Espírito. Queremos chegar logo em Tua casa, Pai. Volte depressa, por favor. Em nome de Jesus, amém!


-> Narração: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:
-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).
-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube.Com/AmiltonMenezes7
-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 99893 2056 e mande um recadinho pedindo os áudios.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook