WebRadio

Central de Mídia

A volta do banido


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 1887 – 2 de março de 2019

“Deus não tira a vida; ao contrário, cria meios para que o banido não permaneça afastado dEle” (2 Samuel 14:14).

Há muitas histórias do Antigo Testamento que nos ajudam a entender melhor como é que atua a graça de Deus. O drama de Davi e Absalão daria excelente roteiro para um filme, e bateria qualquer recorde no número de estatuetas do Oscar. É a narrativa do pai e filho que haviam se afastado um do outro desde que Absalão assassinara seu irmão mais novo, Amnom. Joabe, comandante do exército, percebendo a disposição de Davi para fazer as pazes com seu filho, colocou na agenda do rei a entrevista de uma mulher para que, por meio de uma parábola, convencesse o rei a trazer Absalão de volta ao palácio. Joabe também a instruiu sobre como se vestir e o que devia falar. “Não se desvie do assunto; do contrário, não vamos conseguir convencer o rei.”

Conseguir um espaço na agenda de uma autoridade não é fácil. Eu me lembro no tempo de colportagem quando algumas vezes surgia a oportunidade de falar com uma autoridade. São pessoas que nunca estão sozinhas na sala e nunca atendem na hora. Estão sempre acompanhadas de assessores, da secretária e de um oficial militar.

Na hora da entrevista de Davi com a mulher, Joabe provavelmente tivesse ficado a uma distância em que pudesse escutar cada palavra dita para ver se seu plano estava dando certo. Foram cinco as intervenções da mulher e a pressa de Davi em despachá-la ficou clara, quando respondeu: “Já anotei… vou tomar as providências. Fique tranquila, pode deixar.” Davi se levantou e se dirigiu para a porta, mas a mulher se sentia frustrada por não ter conseguido o que planejara.

Finalmente, aconteceu a parte mais impressionante da conversa. Naquele momento, ela revelou um entendimento do evangelho que poucos em sua época tinham. Mostrou a atitude de Deus em relação ao pecador. Demonstrou que conhecia muito sobre a graça de Deus. Conhecia até onde Deus vai para trazer de volta pecadores culpados, e colocou em suas palavras uma moldura para a graça de Deus: “Deus não tira a vida, ao contrário, cria meios para que o banido não permaneça afastado dEle.”

Será que podemos criar meios, aplainar o caminho, restabelecer relacionamentos, facilitar a volta dos desterrados e daqueles que se afastaram? Sem pendências…

Houve um breve momento de silêncio. Percebendo que Joabe estava por trás de tudo, Davi o chamou e disse: “Muito bem, […] traga de volta o jovem Absalão” (v. 21).

Houve reconciliação. O estranhamento terminou. A graça triunfou!

Reflita sobre isso no dia de hoje e ore comigo agora: Obrigado, Pai, porque Tu és um Deus que não tira a vida, ao contrário, cria meios parta que o banido não permaneça afastado de Ti. Torne isso realidade na vida de meus ouvintes e na minha vida, também. Em nome de Jesus, amém.


-> Narração: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:
-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).
-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube.Com/AmiltonMenezes7
-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 99893 2056 e mande um recadinho pedindo os áudios.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook