WebRadio

Central de Mídia

A prova do fruto na igreja primitiva

A prova do fruto na igreja primitiva


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 2032 – 25 de julho de 2019

I João 4:1: “Amados, não deis crédito a qualquer espírito; antes, provai os espíritos se procedem de Deus, porque muitos falsos profetas têm saído pelo mundo fora”.

A igreja cristã primitiva recebia muitos pregadores itinerantes que reivindicavam o dom profético. Na melhor das hipóteses, essas pessoas inspiravam a igreja e ministravam instruções, assim como os verdadeiros profetas sempre comunicaram a Palavra de Deus a Seu povo. Mas a função era suscetível de abuso. Esse abuso e os modos de lidar com ele são tratados no mais antigo manual da igreja: o Didache.

Os ensinos do Didache provavelmente foram formulados logo depois que Mateus escreveu sua advertência contra os falsos profetas. Nos capítulos 11 e 12, o Didache recomenda que um profeta itinerante deve “ser recebido como o Senhor”. Mas faz a ressalva de que um profeta deve ser provado. Como? Aqui o manual torna-se bastante prático. “Nem todo que fala em espírito é profeta, a não ser que apresente o comportamento do Senhor. Pelo seu comportamento, portanto, o profeta falso e o profeta verdadeiro serão conhecidos.” Nesse ponto, o documento torna-se mais específico: “Profeta algum que, em espírito, peça comida deve comê-la; do contrário ele é um falso profeta. E todo profeta que ensina a verdade, se não pratica o que ensina, é falso profeta. … Mas quem quer que diga em espírito: ‘Dá-me dinheiro’ ou qualquer outra coisa, não lhes deis ouvidos; mas se vos pedir para beneficiar a outros que sofrem necessidades, que ninguém o condene.”

Esse parece ser um bom conselho para as pessoas de nosso tempo. Muita gente está proclamando hoje a Palavra de Deus. Vemos alguns na TV e ouvimos outros no rádio. Algumas das mensagens que eles proclamam, porém, não passam nas provas do Didache. Esse é um conselho prático.

Amigo ouvinte, ainda precisamos ser cuidadosos. Há uma bênção em contribuir, mas Deus espera que sejamos cuidadosos em fazer doações.

Reflita sobre isso no dia de hoje e ore comigo agora:

Por favor, Pai, continue abrindo a nossa mente, abrindo o nosso coração, nos dando discernimento para fazer a Tua vontade e reconhecer o falso e o verdadeiro. Por favor. Em nome de Jesus, amém!


-> Narração: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:
-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).
-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube.Com/AmiltonMenezes7
-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 99507 0705 e mande um recadinho pedindo os áudios.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook