WebRadio

Central de Mídia

A matemática da vida


Gostou? Compartilhe!

16-paisagem

TEMPO DE REFLETIR 136 – 16 de maio de 2014

Pessoalmente, não sou grande fã da matemática. Foi minha dor-de-cabeça, ao longo de muitos anos. Mas, para efeito de conversa, até acho interessante. Em nossa vida, como na matemática, devemos saber: somar alegrias, diminuir tristezas, multiplicar felicidade e dividir amor.  Nessas dimensões, chego mesmo até a gostar de matemática!

SOMAR ALEGRIAS. Quem vive sozinho, longe dos outros, sem compartilhar alegrias, sem permutar experiências, diminui sua própria alegria e não alcança a felicidade, não atinge sua realização pessoal. Para ser sincero, fico penalizado vendo tanta gente que ainda não fez esta descoberta. Pessoas que se fecham sobre si mesmas, por medo ou egoísmo, palmilham caminhos errados. Quem teme perder sua alegria, repartindo-a com os outros, ainda não aprendeu a psicologia humana e desconhece o Evangelho.

DIMINUIR TRISTEZAS. A vida tem dessas compensações gratificantes. Quando conseguimos minorar a tristeza, nós é que saímos lucrando. Uma das mais profundas satisfações reservadas ao coração humano é restituir o entusiasmo, a coragem e o otimismo aos irmãos de caminhada.

MULTIPLICAR FELICIDADE. Na família, no trabalho, na comunidade, em qualquer lugar onde plantamos felicidade, nós a multiplicamos. Felicidade partilhada é felicidade pessoal multiplicada. Ela nos atinge em ricochete!

DIVIDIR AMOR. Em matemática, quando dividimos um número pelo outro, o resultado final é sempre menor. Nas dimensões de amor humano, acontece exatamente o contrário. Dividir amor com os outros, é multiplicá-lo, é aumentá-lo. Todo aquele que divide seu amor com alguém, descobre em seguida ter multiplicado seu amor.

Somar alegrias, diminuir tristezas, multiplicar felicidade, dividir amor: é o mais lindo programa de vida que podemos abraçar. Nestas quatro tarefas está sintetizado o mandamento cristão.

O ser humano é comunicativo  por natureza. Não aguenta viver sozinho. O individualismo é o caminho mais certo para a infelicidade, para a solidão. Somar alegrias, diminuir tristezas, multiplicar felicidade e dividir amor é a rota mais segura da Alegria de viver. É o atalho mais rápido para o nosso próximo e para Cristo, que passou pela vida, fazendo o bem. São estes os misteriosos caminhos da vida.

*****************************************************************************************************************************************
-> Texto: Autoria desconhecida
-> Música: Brothers Vocal, “Ensina-me a amar”
-> Narração: Amilton Menezes

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook