WebRadio

Central de Mídia

A fragrância de Jesus


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 1981 – 4 de junho de 2019

II Coríntios 2:15 a 17 (NVI): “Para Deus somos o aroma de Cristo entre os que estão sendo salvos e os que estão perecendo. Para estes somos cheiro de morte; para aqueles, fragrância de vida. Mas quem está capacitado para tanto?”

Descrevendo seu pai de 80 anos de idade, Nathan Hatch escreveu: “Papai não faz acepção de pessoas. Ele se ocupa naturalmente com as pessoas ‘inferiores’, aquelas que não são talentosas nem atraentes, ou com as que frequentemente são consideradas antipáticas, impertinentes ou inúteis. Uma pessoa profundamente magoada a quem ele havia aconselhado durante anos escreveu: ‘O senhor tem sido para mim como Jesus, em carne e osso’. Durante minha adolescência, nunca entendi como o ministério do meu tímido e reservado pai podia reverberar com tanto poder na vida das pessoas. Quando ele ensinava, as pessoas ouviam, absortas. Quando ele pregava, a visão que as pessoas tinham de Deus e de si mesmas mudava, muitas vezes de maneira dramática. E quando ele aconselhava, pessoas sofridas experimentavam a cura. Nenhuma quantidade de análise pode explicar a qualidade contagiosa do amor que ele irradia; ele é um vaso que simplesmente transborda com o poder do amor de Cristo.” (Christianity Today, 14 de novembro de 1994, p. 34).

O pai desse homem estava impregnado da fragrância de Jesus que Paulo descreve ao dizer: “Vivo para Deus como a fragrância de Cristo… uma fragrância essencial que produz vida. E quem está capacitado para essa missão?” (2Co 2:15-17, versão Moffat). O apóstolo se qualificava como alguém que podia espalhar a “fragrância de Cristo”. E em nossos dias, pais como esse e cristãos que se tornam “uma fragrância essencial que produz vida” difundem o aroma de Jesus pelo mundo.

Fé, esperança e amor combinam-se para formar a fragrância de Jesus – sendo predominante o amor (1Co 13:13). Quando aplicamos esse perfume, impregnamos o mundo com Sua fragrância, porque “Deus derramou Seu amor em nossos corações, por meio do Espírito Santo” (Rm 5:5, NVI). Mude os negativos para positivos em I Coríntios 13:4-8, e descobrirá que um cristão amoroso é paciente, benigno, humilde, cortês, atencioso, calmo, generoso, puro, alegre, protetor, confiante, esperançoso e coerente. Cheios com a “fragrância de Cristo”, fazemos circular em carne e osso uma atmosfera divina pelo mundo.

Faça isso no dia de hoje e ore comigo agora:

Que responsabilidade, Pai, de sermos o perfume de Cristo neste mundo. Por favor, que sejamos receptáculos do Teu amor e vivamos o evangelho do mais profundo de nosso coração. É o que pedimos. Em nome de Jesus, amém!


-> Narração: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:
-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).
-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube.Com/AmiltonMenezes7
-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 99507 0705 e mande um recadinho pedindo os áudios.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook