WebRadio

Central de Mídia

A felicidade tem fórmula


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 1545 – 25 de março de 2018

“Ora, se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois se as praticardes” (João 13:17).

Mike não dava nenhuma importância às leis. Irritava-se especialmente com as leis de trânsito. “As regras são para os afeminados e os velhinhos”, costumava dizer. Dirigia sempre em alta velocidade; mas raramente era multado mais de uma vez por ano. Ele sempre apelava e se livrava das multas.

Um dia, depois de tomar umas doses de bebida alcoólica, Mike saiu a toda velocidade, sem um destino definido. Passou por uma zona escolar a 70 quilômetros por hora. Exatamente naquele momento, Jennifer, uma garotinha de seis anos, atravessava a rua e foi atingida pelo carro. Seus sapatinhos ficaram para trás, sobre o asfalto. Por vários dias, sua vida ficou por um fio. Noite após noite, seus pais ficavam em vigília, orando, no hospital. Jennifer sobreviveu, mas sua recuperação foi lenta e dolorosa.

Mike nunca mais olharia para as leis de trânsito da mesma forma. Compreendeu então que elas não eram regras inúteis; mas foram estabelecidas para proteger as pessoas. Se ele as tivesse observado, teria evitado que uma criança sofresse terrivelmente.

O propósito da lei de Deus é idêntico, ou seja, nossa proteção. Os Dez Mandamentos não foram escritos por um Deus sádico, desmancha-prazeres, interessado em impedir que sejamos felizes. A lei de Deus não restringe nossa felicidade; ela nos liberta para que desfrutemos a vida em toda plenitude. A obediência é a porta da felicidade.

“Grande paz têm os que amam a Tua lei; para eles não há tropeço” (Sl 119:165).

“O que guarda a lei, esse é feliz” (Pv 29:18).

“Ora, se sabeis estas coisas, bem-aventurados sois se as praticardes” (Jo 13:17).

A felicidade é resultado de conhecemos a Deus e fazermos Sua vontade. A lei de Deus não é uma pedra de moinho em nosso pescoço; mas uma pedra que pavimenta o caminho rumo à felicidade genuína e duradoura. Nosso criador sabe melhor do que nós como fazer-nos felizes. Podemos estar certos disso.


-> Música: Arautos do Rei, “A Tua lei”
-> Locução: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:

-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).

-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube.Com/AmiltonMenezes7

-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 9893 2056 e mande um recadinho pedindo os áudios.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook