WebRadio

Central de Mídia

A cura cirúrgica


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 1254 – 7 de junho de 2017

“Portanto, se o seu olho direito faz você pecar, arranque-o e jogue-o fora. Pois é melhor perder uma parte do seu corpo do que o corpo inteiro ser atirado no inferno” (Mateus 5:29, BLH).

Arranque-o … corte-a.

Estas são expressões radicais para os problemas mais sérios do mundo. Será que realmente espera-se que eu arranque meu olho ou corte minha mão, se estes me levam a pecar? Orígenes, um dos principais líderes da igreja do século III, pensava assim. Como resultado, ele combinou os textos de Mateus 5:29 e Mateus 19:12, com sua declaração de que há alguns homens “que a si mesmos se fizeram eunucos, por causa do reino dos Céus”, e por isso se castrou.

Um rápido movimento de faca pode solucionar todo o seu problema de pecado. Certo? Errado! Afinal, se você arrancar um olho, ainda terá o outro. Não é o olho esquerdo tão incômodo como o direito? E outra vez, se você simplesmente cortar fora a mão direita, ainda terá a importuna mão esquerda.

Talvez a resposta para o problema do pecado seja arrancar ambos os olhos, cortar fora as duas mãos, amputar as duas pernas, e assim por diante. Então você terá o seu problema de pecado resolvido. Certo?

Errado outra vez! Porque você ainda terá a sua memória e o seu raciocínio. A única solução para esses problemas seria explodir seu cérebro.

É isso que Jesus deseja que façamos? Não, mas é a resposta óbvia e coerente para aqueles que dizem que as Escrituras não precisam ser interpretadas. Considere esse texto de maneira literal e você não terá outra alternativa senão uma cirurgia.

O sentido que Jesus dá é muito mais radical, muito mais tempestuoso. Ele quer que compreendamos a seriedade da natureza de nossos problemas. E mais que isso, Ele quer que sujeitemos nossa vida e todos os membros do nosso corpo a Ele, de modo que não mais sejamos instrumentos do pecado. Além disso, Ele deseja transformar esses próprios instrumentos importunos de pecado em instrumentos de justiça. As mãos e os olhos da pessoa salva devem ser colocados ao serviço de Deus.


-> Música: Montano de Barros, “Hoje eu me entrego”
-> Locução: Amilton Menezes

Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 9507 0705 e mande uma mensagem pedindo os áudios. Se você tem Telegram, adicione nosso canal: telegram.me/tempoderefletir – Prefira, porém, o aplicativo MANAH, onde você terá todos os áudios à disposição.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook