WebRadio

Central de Mídia

A coragem vem da esperança


Gostou? Compartilhe!

05-06 TDR 887

TEMPO DE REFLETIR 887 – 5 de junho de 2016

“Sede fortes, e revigore-se o vosso coração, vós todos que esperais no Senhor” (Salmo 31:24).

O país ainda não tinha se submetido à lei e à ordem. Leões e ursos assolavam as regiões montanhosas. Víboras e áspides deslizavam no deserto. Bandoleiros e ataques repentinos de filisteus aterrorizavam os isolados e os viajores.

Nesse país o poeta chama ao Senhor de Fortaleza e Rocha. Ele abria espaço para Davi. Seu inimigo não lhe atava mãos e pés, o Senhor lhe dera um amplo aposento.

Alguns haviam até mesmo se esquecido de que ele vivia. E, se soubessem, enviariam assassinos atrás dele. Contudo, naquela terra selvagem e violenta, o futuro que o espreitava, incerto e hostil, Deus o estava observando.

Hoje, você caminhará em seu próprio país, em sua própria terra.  Predadores humanos buscam o momento de pilhar sua mente e sua fé. Os manipuladores dos meios de comunicação de massa passam deslizando com dedos que se apoderam de sua vontade. Os salteadores do viver correto e os saqueadores do espírito levam aos ombros armas contra os solitários e os não comprometidos.

Nesta terra chame a Deus de Habitação Segura e Forte Refúgio. Permita-Lhe abrir espaço seguro ao seu redor. Permita-Lhe dar a você o aposento amplo de Sua graça e liberdade.

Podemos nos identificar verdadeiramente com o poeta do ano 1.000 A.C.? Ele revelava coragem para aqueles que temiam enquanto Saul enviava soldados atrás do príncipe-pastor. Seu chamado à esperança soava para aqueles que escondiam seu cereal na ceifa e guardavam suas ovelhas e gado dos invasores.

Durante três mil anos pessoas que conhecem a Deus têm lido o salmo e dito: Sim, isto é o que acontece comigo. Assim tem Deus agido em minha vida. Conheço o que ele conhecia.

Cantaria um moderno Davi ao Senhor como seu Controlador de Trânsito, seu Banco? Chamaria ao Senhor de Programador? Modelo? Grade de segurança?

Em uma terra em que a violência à mente espreita os incautos, e forças que estão fora do seu controle ameaçam o futuro pelo qual você esperou, o Senhor diz reiteradamente: Tende bom ânimo.

Estresse e tensão, desencorajamento e desespero falam do passado. Mas assim o faz a confiança e força de mil livramentos.

“Cessai de falar em desencorajamento. Apegai-vos ao braço do Poder Infinito” (Testimonies, vol. 6, p. 474).


-> Música: Naielly Leite, “Me ensina a confiar”
-> Locução: Amilton Menezes

Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 9893-2056 e mande uma mensagem pedindo os áudios. Se você tem Telegram, adicione nosso canal: telegram.me/tempoderefletir

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook