WebRadio

Central de Mídia - WebRádio Maranatha

Pedi, buscai, batei!


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 1264 – 17 de junho de 2017

“Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á” (Mateus 7:7).

O Novo Testamento salienta repetidamente que Deus ouve as solicitações que Lhe são feitas. Isso extrai o “poder” da oração. Mas que significa isso em prática? Nem toda oração tem uma resposta reconhecível. Conquanto haja verdade no aforismo: Deus tem três respostas: Sim, Não e Espera, ele dificilmente explica o impulso do Novo Testamento rumo à certeza.

Somente a certeza pode manter a oração viva. Se a dúvida enfraquece ou diminui a certeza, a oração fenecerá. A certeza do envolvimento de Deus com as petições do Seu povo opera como uma lei espiritual. Depende tanto disto que a fé não pode sobreviver sem ela. Se alguém duvidasse que a água ao nível do mar ferve a 100oC, a dieta da raça humana mudaria para pior! A oração ferve os ovos da necessidade humana!

Jesus nos assegura que o nosso Pai Se deleita em dar. Ele é bom e amoroso. Exatamente como um pai dá ao filho o que ele pede, assim o Pai celestial dá aos Seus filhos.

A ordem para buscar e bater nos ajuda a compreender mais. Quando a Bíblia fala de buscar, frequentemente apresenta a Deus como Aquele que é buscado. Nossa busca tem a Deus em vista. Nosso pedir está em harmonia com a natureza divina. A verdadeira oração pede aquilo que compraz a Deus. Busca e pede de acordo com a vontade divina.

Quando o filho se dirige ao seu pai terrestre ele pede “boas” dádivas (v. 11). Quando recorremos ao Pai Ele responde com “boas” dádivas. Em outro lugar Jesus disse que a dádiva boa e correta que devemos pedir é o Espírito Santo (Lc 11:13).

Isto significa que não ousamos ir a Deus em dúvida. Lembre-se sempre de que Ele é o Deus vivo e todo-poderoso para quem nada é impossível. NEle a petição feita com fé tem a certeza de ser ouvida. Nesta certeza nossa fé permanece segura, porque sabemos que nosso Pai ouve e age com benevolência e amor.

A oração da fé invariável tem uma reação segura. Porque sabemos que pedir é receber, buscar é achar e bater é ter a porta aberta para nós, a resposta vem com a oração. Em tal oração a esperança se transforma continuamente em alegria.

“Cristo… está disposto a escutar a oração da fé, como quando andamos visivelmente entre os homens. O natural coopera com o sobrenatural” (GC, p. 530).


-> Música: Melissa Barcelos, “Minha oração”
-> Locução: Amilton Menezes

Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 9507 0705 e mande uma mensagem pedindo os áudios. Se você tem Telegram, adicione nosso canal: telegram.me/tempoderefletir – Prefira, porém, o aplicativo MANAH, onde você terá todos os áudios à disposição.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook