WebRadio

Central de Mídia - WebRádio Maranatha

Ofertas inaceitáveis


Gostou? Compartilhe!

20-04 TDR 1206

TEMPO DE REFLETIR 1206 – 20 de abril de 2017

“Se, pois, ao trazeres ao altar a tua oferta, ali te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa perante o altar a tua oferta, vai primeiro reconciliar-te com teu irmão; e, então, voltando, faze a tua oferta” (Mateus 5:23 e 24).

Uma das importantes contribuições desses versos é que eles no levam além do negativo, para o lado positivo da religião. Em Mateus 5:21 e 22, Jesus nos diz para evitar a ira centralizada no eu e evitar tratar outras pessoas com desprezo. Mas a pessoa pode evitar todas as coisas negativas e ainda assim não estar bem com Deus.

O cristianismo vai além de meramente evitar o negativo e alcançar o positivo. Se você, meu amigo, pensa que é cristão por aquilo que evita, está totalmente errado. O cristianismo é basicamente algo positivo; é alcançar outras pessoas, mesmo quando elas não merecem. Ninguém jamais chegará ao Céu por causa das coisas que evitou. Jesus nos diz que precisamos colocar nosso cristianismo em prática na vida diária.

O quadro que Jesus pinta em Mateus 5:23 e 24 torna-se muito vivo para Seus ouvintes. Certo homem traz sua oferta sacrifical ao templo para ser oferecida por seu pecado, pelo sacerdote. O adorador está em pé junto à grade do altar, pronto para colocar a mão sobre a vítima e confessar seus pecados sobre a cabeça daquele que seria sacrificado. Nesse momento, ele se lembra de que tem um problema não resolvido com alguém. Jesus deixa bem claro o dever do adorador. Para que o sacrifício seja aceito, ele precisa primeiro ir e acertar as coisas com a outra pessoa.

Isso fala ao meu e ao seu coração. Deve falar a nós de modo muito especial quando é tempo de Santa Ceia. Antes de participarmos, precisamos acertar as coisas com nossos companheiros e irmãos da igreja, até mesmo nos oferecendo para lavar-lhes os pés. Essas palavras nos incomodam quando somos envolvidos em fofocas a respeito de outras pessoas ou quando ficamos irados porque fomos maltratados. Não será suficiente colocar uns R$ 20,00 a mais no prato da oferta, como um sacrifício especial.

Como de costume, Jesus aborda o centro da questão. Se você quer estar bem com Deus, precisa estar bem com as outras pessoas.


-> Música: Eliel, “Inexplicável perdão”
-> Locução: Amilton Menezes

Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 9507 0705 e mande uma mensagem pedindo os áudios. Se você tem Telegram, adicione nosso canal: telegram.me/tempoderefletir – Prefira, porém, o aplicativo MANAH, onde você terá todos os áudios à disposição.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook