WebRadio

Central de Mídia - WebRádio Maranatha

O poder do perdão


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 1379 – 10 de outubro de 2017

“E, quando estiverem orando, se tiverem alguma coisa contra alguém, perdoem-no, pra que também o Pai celestial lhes perdoe os seus pecados” (Marcos 11:25).

Dentre todos os ensinamentos das Escrituras, perdoar os que nos ofendem é um dos mais difíceis de obedecer. Nossa tendência é agarrar-nos à ofensa, cuidar de nossas feridas e guardar ressentimentos. Ou, no mínimo, nos desligar para sempre do indivíduo que nos causou sofrimento.

Há ocasiões, como nos casos de abuso, em que a separação física é necessária. Quando um crime é cometido, a justiça e o perdão andam de mãos dadas. Devemos perdoar a pessoa, independentemente de seu arrependimento. Nesse texto, Jesus se refere a nossa obrigação espiritual de perdoar uns aos outros por termos sido tão graciosamente perdoados por nosso Pai. A recusa em perdoar revela que não compreendemos o nível de perdão que recebemos.

Perdoar não significa esquecer. Podemos lembrar, mas decidimos não permitir que a lembrança nos amargure. Devemos, porém, lembrar que o ato de perdoar não exime a pessoa do erro; mas liberta quem perdoa. Ao perdoar, você se livra do peso da mágoa, do sofrimento e do ressentimento. Pode deixar tudo isso para trás e continuar sua vida.

Quando decidimos não perdoar, acabamos presos no passado e andando nas trevas (1Jo 2:9-11). Por não podermos ver claramente, tropeçamos confusos. Nosso julgamento é prejudicado e nossas ações são passíveis de erro. Ficamos fracos, doentes e amargos. A falta de perdão é notória e perceptível no rosto, em palavras e atos. As pessoas percebem, mesmo que não possam identificar o fato, e não se sentem confortáveis em nossa companhia.

Ao decidirmos perdoar, não somos os únicos beneficiados; beneficiamos também os que nos rodeiam.

Ore comigo: “Senhor, peço que sempre me ajudes a perdoar os que me magoaram. Não quero inibir o perdão que tens para mim por não ter perdoado outra pessoa. Por favor, me ajude. Em nome de Jesus, amém!


-> Música: Júlia Camilo, “O amor e o perdão”
-> Locução: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:

-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).

-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube/AmiltonMenezes7

-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 9507 0705 e mande um recadinho pedindo os áudios.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook