WebRadio

Central de Mídia - WebRádio Maranatha

Abandone sua vida de pecados


Gostou? Compartilhe!

TEMPO DE REFLETIR 1376 – 7 de outubro de 2017

“Ao amanhecer Ele apareceu novamente no templo, onde todo o povo se reuniu ao Seu redor, e Ele se assentou para ensiná-lo. Os mestres da lei e os fariseus trouxeram-lhe uma mulher surpreendida em adultério” (João 8:2-3).

Os fracassos morais são facilmente lembrados. A história daquela mulher é uma história de fracasso. Uma história de abuso. Uma história de vergonha. Mas também é uma história de graça.

A mulher olha para o chão. Os cabelos suados pendem0lhe da cabeça. As lágrimas escorrem diante de tamanho sofrimento. Os lábios estão apertados e a boca, cerrada. A mulher sabe que foi apanhada. Não adianta buscar ajuda. Nunca haverá misericórdia. Ela olha para as pedras nas mãos dos homens. Eles apertam com tanta força que as pontas de seus dedos estão esbranquiçadas.

Ela pensa em correr. Mas para onde? Poderia alegar maus-tratos. Mas para quem? Poderia negar o fato, mas fora vista. Poderia rogar por clemência, mas aqueles homens não estavam dispostos a lhe oferecer clemência.

Jesus, porém, estava.

“Mulher, onde estão eles? Ninguém te condenou?”, perguntou o Cordeiro de Jesus. “Ninguém, Senhor”, disse ela. Declarou Jesus: “Eu também não te condeno. Agora vá e abandone a vida de pecado”.

Os fracassos morais são facilmente lembrados. Mas não por Cristo.

Deus, perdoa cada um de meus pecados. Muitas são minhas transgressões, mas Tu a todas perdoas. Obrigado por isso. Em nome de Jesus, amem!


-> Música: Grupo VP, “Não te condeno/Senhor, eu te louvo”
-> Locução: Amilton Menezes


Saiba como receber as mensagens diárias do Tempo de Refletir:

-> No celular, instale o aplicativo MANAH (Android e iOS).

-> Para ver/ouvir no YouTube, inscreva-se neste Canal: YouTube/AmiltonMenezes7

-> Para receber pelo WhatsApp, adicione 41 9507 0705 e mande um recadinho pedindo os áudios.

Gostou? Compartilhe!

Comentários Via Facebook